05/10/2011 – Segunda reunião de negociação: DESCASO PATRONAL!

Trabalhadores gráficos do estado de São Paulo, aconteceu ontem a segunda reunião de negociação com a bancada patronal da indústria gráfica e pela segunda vez o tom e a postura dos patrões foi de total descaso com os trabalhadores. Esse tom dos patrões é a prova de que eles não acreditam na força da união dos trabalhadores.

A bancada patronal não discutiu nenhuma das mais de 100 cláusulas da nossa Pauta de Reivindicações e ainda apresentaram uma proposta ridícula de redução de direitos, deixando claro que não estão levando a sério essa negociação e que não estão nem aí para as condições de vida e de trabalho dos gráficos.
Mesmo apresentando uma Pauta de Reivindicações justas e detalhadas, a bancada dos trabalhadores recebeu uma resposta em que a patrãozada não demonstra estar disposta a levar as negociações com seriedade.
A bancada patronal propõe itens que já foram discutidos e rechaçados pelos trabalhadores, como a alteração da data-base, piso diferenciado, um reajuste de 6,5% que não cobre nem a inflação do período. Ou seja, os patrões querem reduzir seus direitos.
Isso é descaso e despreocupação com o futuro de todos nós. É isso o que você quer?
A federação e seus sindicatos filiados  vêm mais uma vez convocar e alertar a categoria para que, pelo andar da carruagem, o único meio de evitar redução de direitos e avançar nas negociações será a paralisação das atividades no setor e mostrar para os patrões a verdadeira importância e força do trabalhador para as empresas e para o país.
Vamos dizer um sonoro BASTA para a palhaçada patronal!
Nós temos nossos direitos, estamos dispostos á negociar, mas não iremos fazer papel de palhaço. Vamos mostrar para a patrãozada que os trabalhadores gráficos estão unidos e mobilizados.

Veja mais fotos da segunda reunião de negociação