A PARTIR DE HOJE, APÓS AÇÃO SINDICAL, GRÁFICOS DAS DUAS UNIDADES DA FILIAL DA ESDEVA RECEBEM VALE-ALIMENTAÇÃO 30% MAIOR

Nesta segunda-feira (9), após meses de negociação do Sindigráficos em atenção aos trabalhadores, a diretoria da gráfica mineira Esdeva pagará um acréscimo de 30% no valor do vale alimentação dos 210 gráficos das duas unidades da filial da empresa em Cajamar-SP. O dinheiro não se trata de bônus específico, mas incorpora o novo valor do benefício alimentício. O sindicato também avança nos pleitos sobre a qualificação da infraestrutura da 1ª unidade em operação há um ano e da 2ª ativa só há quatro meses. As pautas atendem pedidos dos empregados voltados à comunicação interna, à saúde e à segurança, a exemplo da instalação de climatizadores e bebedouro, além da ampliação do vestiário feminino, entrega de EPIs e fardamentos, cercamento e a instalação de câmeras.

“A partir de hoje, nestas unidades da filial da Esdeva, os 210 gráficos passam a recebem mais R$ 30 de vale-alimentação”, informa Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. Ele lembra que todo gráfico de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e região tem direito a receber a cesta básica mensal da sua empresa, segundo determina a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, que acaba de ser renovada pelo sindicato até setembro de 2021. A CCT também permite que as empresas entreguem a cesta através do vale-alimentação. Porém, o valor precisa ser o suficiente para o gráfico comprar os alimentos nos supermercados.

No caso da Esdeva, o valor do vale, que estava defasado se comparado aos preços dos alimentos que integram a cesta básica da convenção, teve o reajuste de 30%. Agora subiu de R$ 100 para R$ 130 mensais. O aumento acordado é retroativo ao mês de outubro. Por esta razão, estão recebendo mais R$ 30 hoje, já que só receberam R$ 100 no último dia 5 – data mensal do pagamento salarial e do vale-alimentação. “Foi um reajuste importante. Mas, com a alta dos alimentos nos supermercados, será preciso analisar se atende as regras da convenção”, fala Leandro.

A direção da Esdeva, que fica na unidade matriz a mais de 600 Km de Cajamar/SP, também tem atendido algumas reivindicações dos gráficos em relação à saúde, segurança e comunicação interna dos empregados das duas unidades da filial, mediadas pelo Sindigráficos. Na planta um, por exemplo, em função das altas temperatura, instalou climatizadores para reduzir o calor na área do mezanino. Também equipou a recepção, garantiu o conserto do portão principal e ampliará o setor de RH local para melhor atender os empregados em relação as dúvidas pertinentes.

Na unidade dois da filial, instalará TV no refeitório, disponibilizou mais um bebedouro, cercará e implantará um sistema de monitoramento por câmeras de vídeo em toda a unidade para a segurança dos gráficos, clientes e fornecedores. Também entregou EPIs pendentes e distribuiu fardamento para todos os trabalhadores da local. O sindicato reconhece as iniciativas da empresa que vem crescendo e se estruturando em SP.

Novos pleitos dos gráficos já estão sendo repassados para o sindicato reivindicar junto à empresa. Apesar de pouco tempo em Cajamar, desde que chegou à região, o Sindigráficos tem dado total assistência à classe. A entidade tem sido reconhecida através da sindicalização dos gráficos da unidade um. O número ainda pode e precisa crescer. E na unidade dois, aberta na pandemia, a quantia de sócios ainda é baixo, o que deve mudar, uma vez que o sindicato tem atuado em favor de todos e espera   contar com a sindicalização de todos para ir avançando em mais coisas.