ALÉM DA QUEDA SALARIAL, LEI DE BOLSONARO REDUZIRÁ VALOR DO 13º SALÁRIO DO GRÁFICO QUE TEVE (OU ESTÁ COM) CONTRATO SUSPENSO 

Com a chegada do fim do ano, as dúvidas dos trabalhadores e trabalhadoras sobre como serão suas férias e 13º são muitas. Muitos usam o dinheiro para pagar dívidas, arrumar a casa, como se diz, e até agora não sabem quanto vão receber e se poderão sair de férias com a família. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), dez milhões foram impactados com suspensão do contrato ou redução de jornada e salário desde março. Aqueles que tiveram suspensão do trabalho, que tiveram uma redução salarial de até 70% durante os meses de suspensão, serão surpreendidos agora no final do ano com valores mais baixos de 13º salário e terão de esperar pelo período de férias. LEIA MAIS 


FONTE: Com informações da CUT