AO INVÉS DE CRESCER APÓS LIQUIDAR A APOSENTADORIA DO GRÁFICO, PIB DO BRASIL COM BOLSONARO É MENOR ATÉ QUE NO GOVERNO TEMER

O Produto Interno Bruto (PIB) anual do país caiu ao invés de crescer como foi prometido pelo governo Bolsonaro se a classe trabalhadora aceitasse (como aceitou) a reforma da Previdência, esta que retardou em anos e décadas o direito do trabalhador conseguir se aposentar e que está fazendo com que o gráfico empregado tenha de pagar até 3% a mais de INSS a partir do mês atual. A economia brasileira terminou o ano de 2019 muito mal diante da crise na atividade econômica. No primeiro ano do governo do “mito”, o Produto Interno Bruto (PIB) teve alta de apenas 1,1%, informou o IBGE nesta quarta-feira (4). O percentual é mais baixo até que os verificados nos anos do governo Temer, que também ficou muito baixo, mesmo prometendo que bastava retirar (e retirou) direitos trabalhistas.  

 

FONTE: Com informações do O Globo