BOLSONARO ACABA COM POLÍTICA DE LULA ONDE VALORIZAVA O SALÁRIO E IMPEDE O REAJUSTE COM GANHO REAL JÁ EM 2020

Projeto do governo Bolsonaro prevê reajuste do mínimo só pela inflação do ano anterior. Com isso, o salário mínimo será de R$ 1.040 em 2020. Será a primeira vez, desde que o governo Lula institui a lei de valorização do salário mínimo, que o governo federal aumento o salário sem ganho real. O aumento previsto será só de R$ 42 (ou 5,2%) em relação ao atuais R$ 998. O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado nesta segunda-feira (15) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

Até este ano, o mínimo era corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores. Como a lei que definia a fórmula deixará de vigorar em 2020, o governo optou por reajustar o mínimo apenas pela inflação estimada para o INPC, ou seja, sem aumento real para o trabalhador, aposentado e pensionista.

FONTE: Com informações do Jornal Commercio