Category Archives: Notícias

COM SALÁRIO E PLR MELHORES NA INAPEL, SINDIGRÁFICOS AGUARDA A MAIOR UNIDADE DOS GRÁFICOS PARA AVANÇAR NA ALIMENTAÇÃO TAMBÉM

O custo da alimentação tem levado boa parte do salário do trabalhador. É por conta disso que o Sindigráficos luta muito pela melhoria do salário e os demais direitos socioeconômicos da categoria. Na Inapel, mantendo a tradição de quando havia uma maior unidade sindical dos trabalhadores, a entidade renovou de novo o acordo onde traz melhores condições para o reajuste salarial e para a PLR dos 116 gráficos da filial em Jundiaí/SP. O valor da PLR  já é 30% maior que o da maioria das empresas do setor. O piso salarial, de R$ 2.090, também supera o das demais gráficas, que é R$ 1.998,70 até dezembro/2022 e de R$ 2.070 a partir de janeiro/2023.

O acordo, aprovado pela maioria dos gráficos no final de setembro, ainda inclui a cesta básica e pode evoluir de valor no próximo ano a depender da retomada da unidade sindical da categoria na Inapel. O Sindigráficos inclusive já adiantou à empresa que o próximo acordo precisa rever essa questão do valor da cesta básica por conta da carestia provocada pelo desgoverno atual, além do que pela convenção o vale-alimentação pode alcançar hoje ao valor de R$ 197.

Todavia, apesar da justa reclamação dos gráficos sobre a necessidade do maior valor do vale-alimentação com base nas demais gráficas, é preciso reconhecer que a Inapel acumula as melhores condições da recuperação salarial e da PLR. O salário, além de ser maior, é pago inclusive no último dia útil do mês trabalhado, e o vale no dia 15. A PLR é maior (R$ 1,3 mil), sendo paga em duas parcelas no dia 31 de março, e em 31 de agosto/23.

Outro benefício do acordo superior à maioria das gráficas é o aumento de 8,83% do salário sem parcelamento. De setembro até dezembro, e mais o 13° salário, todos os gráficos recebem o percentual adicional por meio de bônus, sem desconto trabalhista. E, a partir de janeiro/23, incorporado ao salário. “Além disso, até o momento, a luta sindical ainda tem garantido outro acordo onde a jornada laboral é realizada de segunda à quinta-feira. Seja sócio e forte. SINDICALIZE-SE!

MINISTRO DA ECONOMIA DE BOLSONARO QUER PRIVATIZAR ATÉ AS PRAIAS. COMO FICARÁ O RECANTO DOS GRÁFICOS EM ITANHAÉM/SP?

Sem apresentar nenhum projeto de desenvolvimento econômico que gerasse emprego e renda no Brasil nesses quase quatro anos de gestão, o ministro da Economia do governo de Jair Bolsonaro (PL), o banqueiro Paulo Guedes, agora fala em privatizar praias para resolver o drama financeiro do país. Para sorte do povo, inclusive dos trabalhadores gráficos de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e Região que disponhem do Recanto no litoral de Itanhaém, em São Paulo, a Constituição proíbe a venda para iniciativa privada as faixas litorâneas, consideradas bens de uso comum, de toda a população. LEIA MAIS

FONTE: Com informações da CUT

JANDAIA RECONHECE PEDIDO DO SINDIGRÁFICOS PELO REAJUSTE SALARIAL TOTAL. FALTA EVOLUIR NA COMISSÃO DE FÁBRICA DO PPR

Nas campanhas salariais, desde os governos de Temer e de Bolsonaro, a recuperação salarial dos gráficos só tem sido feita parceladamente. E tem acontecido por maior imposição patronal, mesmo sendo reivindicado pelo Sindigráficos de forma integral. Apesar disso, neste ano, em sintonia com a superação da pandemia e do crescimento da Jandaia, a empresa acatou o reajuste integral dessa vez. Porém, mesmo aplicando esse pleito recorrente do sindicato, a Jandaia já pode fazer bem mais e atender uma outra demanda que se arrasta desde a pandemia: o início da negociação de que com o fim da crise voltará a tratar com o Sindigráficos sobre a criação da comissão de fábrica para estabelecer o PPR, e não só pagar a PLR, mesmo esta com o reajuste de 7%, definido pela campanha salarial.

Para Leandro Rodrigues. presidente do Sindigráficos, a Jandaia possui muitas condições para isso. “Além do mais, a implantação do Plano de Participação nos Resultados (PPR) é positiva também para toda gráfica que o implanta. O PPR é importante para a empresa porque reduz o desperdício, melhora a produtividade e ainda a satisfação dos gráficos ao serem mais valorizados”, exemplifica.

O sindicato está disposto a retomar essa pauta em favor do trabalhador. No entanto, alerta a categoria que não será dando às costas para a sua entidade sindical que os gráficos poderão evoluir no PPR, tampouco na garantia de acordos com outros tipos de melhorias, como o de uma jornada de trabalho onde se evita o trabalho em todos os sábados do mês. Por sinal, o acordo acaba no final do ano. Logo, o Sindigráficos convoca todos os gráficos ainda não-sócios da Jandaia para se sindicalizarem e fortalecerem a luta para avançar no PPR e manter a jornada qualificada. SINDICALIZE-SE!

É PRECISO ELEGER LULA COM SEU TIME DE DEPUTADOS, SENADORES E GOVERNADOR PARA O EMPREGO E SALÁRIOS CRESCEREM DE NOVO

Não existe patrão que dá emprego porque é bom, mas só cria e mantém postos de trabalho se tiver lucro em cima dessa mão de obra. Por isso, só cria oferta de trabalho a depender do mercado consumidor, da economia. Ainda assim, sem justiça social, as empresas querem lucrar ainda mais, com baixo salário e emprego precário, como Bolsonaro apoia através da reforma trabalhista e da carteira verde-amarela. Lula, por sua vez, defende a revisão da reforma trabalhista, a volta do pleno emprego decente e da valorização salarial através da reindustrialização e crescimento econômico do Brasil. Entretanto, para o bem vencer o mal, o Sindigráficos convoca toda classe trabalhadora para eleger LULA 13 e o seu time de deputados estaduais/federais, senadores e governadores neste domingo (2).

“Eleger LULA 13 pode mudar esse ciclo de ataques aos trabalhadores desde o golpe na presidente Dilma. Porém, Lula sozinho não conseguirá sem a bancada de deputados e senadores aliados no Congresso Nacional para apoiar e aprovar as novas políticas do futuro governo Lula a partir do próximo ano. Portanto, sem ilusão, tão importante quando eleger Lula é votar no time de Lula para voltar aos empregos decentes, com direitos e bom salário”, diz Leandro Rodrigues, que é o presidente do Sindigráficos.

LULA 13 apenas conseguirá revisar estas reformas neoliberais e mudar outras mazelas dos governos Temer e Bolsonaro, se os trabalhadores elegerem deputados estaduais e federais, senadores e governadores do PT, com número 13, ou de outros partidos do time de Lula, a exemplo do 65 (PCdoB), 43 (PV), 40 (PSB), 50 (PSol), 18 (Rede), 77 (Solidariedade), 70 (Avante) e do 36 (Agir). E não votar em nenhum político que apoia Bolsonaro ou Tebet, porque, os partidos destes buscam avançar ainda mais nos males trazidos desde o golpe contra Dilma e com a implantação da maldita “Ponte para o Futuro” – políticas contra os trabalhadores.

70% dos eleitores, por sua vez, ainda não decidiram em quem votar para deputados e senadores. Não vacile. Só vote no time de LULA 13. Lembre-se: a volta da carestia atual e a queda nos empregos, direitos, salários e condições de trabalho, bem como a maior dificuldade para a concessão da aposentadoria se dão por conta de deputados e senadores eleitos contra os trabalhadores e aliados do Temer e de Bolsonaro. Afinal, foram tais políticos de partidos ligados aos patrões que aprovaram as reformas trabalhista e previdenciária. Assim, não vacile dessa vez: É LULA E O TIME DE LULA NA ELEIÇÃO DESTE DOMINGO (2).