CERCA DE 100 TRABALHADORAS GRÁFICAS DE JUNDIAÍ E REGIÃO PARTICIPARAM DO BINGO DA MULHER NO DOMINGO

bingo1

Dezenas de trabalhadoras nas indústrias gráficas da Região de Jundiaí participaram neste domingo (20) do 8º Bingo das Profissionais do setor em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. O evento, promovido pelo Comitê Feminino do Sindicato da classe (Sindigráficos), abordou palestras de interesse para a vida das participantes, bem como investiu numa programação festiva para as profissionais e seus filhos, através de  atividades específicas para a criançada e outras especiais voltadas às mulheres, onde algumas delas ainda saíram ganhadoras de prêmios. Das 9h às 15h30, o domingo foi marcado por muita formação e diversão entre elas, com muita bebida, comida, dança e música com muito som ao vivo do grupo Tô Sem Rumo, formada por trabalhadores do ramo.  

bingo6“O número de mulheres presentes no bingo e a diversificação delas em relação a quantia de empresas foi positivo”, comemora a coordenadora do Comitê Feminino do Sindigráficos, Valéria Simionatto. Ela destacou a participação das funcionárias de várias gráficas, como de empresas de Bragança Paulista (Studio Graphics, Amaral e Ximenes), e de outros municípios, a exemplo das gráficas Cunha Facchini, Log&Print, Oceano, Jandaia, Nova Página, Redoma, Betters e outras. Na ocasião, o Comitê criou um grupo de mulheres via whatsApp. A ferramenta visa fortalecer a unidade e organização delas em torno de problemas e enfrentamentos relacionados à questão da valorização desta parcela do segmento, que já chega a 30% da categoria. As mulheres interessadas em participar do grupo devem enviar uma solicitação para o telefone (19 99203-5166).

bingo2O evento de domingo foi dividido em três momentos: palestras; bingo e muita festa para as trabalhadoras e filhos. As palestras abordaram sobre leis e respectiva postura das mulheres a título de diminuir o preconceito e discriminação sobre elas. Também foi abordado a questão do avanço, oportunidade e retrocesso sociais para este ano. A advogada Carmem Dora, que ocupa a Presidência da Comissão de Igualdade Racial da Ordem de Advogados do Brasil (OAB), encarregou -se de discutir sobre o primeiro tema.

Ela listou várias leis em defesa das mulheres na vida familiar e privada, bem como falou de tipificação de crime no local de trabalho, com destaque aos assédios sexual e moral. A vice-presidente do Sindicato dos Gráficos do Estado de PE, Lidiane Araújo, por sua vez, direcionou os problemas postos pelo atual Congresso Nacional para a garantia e ampliação de direitos sociais e trabalhistas, bem como discriminações ainda comuns dentro do setor, como a falta de oportunidade em outros setores além do Acabamento.

bingo4Carmem atrelou a relevância do sindicato da classe para atuar coibindo ilegalidades na relação laboral das profissionais, atrelado a necessidade da denuncias das empregadas. Á titulo de qualificar melhor a denúncia e a consequente ampliação do êxito nas instâncias judiciais, a advogada frisou durante o debate entre as participantes sobre a necessidade das reclamações junto ao sindicato se realizada com maior brevidade da irregularidade cometida. Mas, a denúncia pode ser feita até 2 anos após o ocorrido. “Ela ainda endossou sobre a atenção para apresentar provas em relação as questões de assédios, sendo válida gravações de vídeo ou áudio nos celulares frente ao crime,  mesmo que o assédio pareça brincadeira”, lembrou gerente Administrativa do Sindigráficos, Carla Atoatte, realçando que esses e outros problemas, como destacou a palestrante, levam as mulheres à depressão e muitas outras doenças, além da redução na produtividade. DENUNCIE AQUI!

bingo3“Muitas tinham dúvidas, mas, talvez, devido a timidez e outras questões, acho que as trabalhadoras fizeram poucas perguntas às palestrantes convidadas que mostraram possuir muito conhecimento para partilhar”, diz Marcela Barbieri, assistente Financeira do Sindigráficos. Ela avalia que este momento dedicado às palestras foi bem produtivo, pois auxiliou para as participantes ter mais conhecimento sobre seus direitos e proteção. Todavia, Marcela destaca o momento festivo da atividade sindical, que, tradicionalmente, alegra demais as trabalhadoras gráficas da Região.

Trabalhadoras/empresas premiadas no Bingo

De fato, foi um dia de lazer e interação entres as profissionais gráficas com muita comida, bebida, música e dança. O bingo, como sempre, foi uma atração à parte. 15 profissionais foram premiadas.

bingo5Anathalia S. Gonçalves – Nova página;

Catia dos Santos Pereira – Jandaia

Cirlene Aparecida – Jandaia

Edvania Araujo da Silva – Nova Pagina

Elenice Rosa de Jesus – Cunha Facchini

Elisabete Elioterio de Castro – Cunha Facchini

Fabiana S. Maria Campos – Jandaia

Josenilda Maria da Silva – Jandaia

Letícia Aparecida dos Santos do Prado – Jandaia (Ganhou duas vezes)

Marcielia L da Silva – Nova página (Ganhou duas vezes)

Maria da Penha – Jandaia

Maria das Graças Lopes – Log & Print

Mirian Rodrigues Santos – Oceano (Ganhou duas vezes)

Rita de Cássia – Jandaia (Ganhou duas vezes)

Welma James Nascimento Barreto – Lx (Ganhou duas vezes)