Conheça Itanhaém

Alguns Roteiros em Itanhaém:

Roteiro Eco Turístico

  • Trilha no Morro do Sapucaitava
  • Costão Rochoso da Praia das Conchas
  • Passarela de Anchieta
  • Morro do Paranambuco

Trilha no Morro do Sapucaitava

Para os amantes de Ecoturismo, o Morro do Sapucaitava conta com uma trilha de fácil acesso sendo um lugar recomendado para todas as idades, onde o turista poderá ter contato direto com a natureza e desfrutar das mais belas paisagens que o lugar oferece, um Mirante e a Pedra do Espia, que representa o marco estratégico da segunda Guerra Mundial, onde se tem uma visão maravilhosa para as ilhas costeiras, marítimas e da Praia dos Pescadores, também é possível visualizar por completo no alto do Morro a orla marítima da cidade e das praias de outros municípios como as de Peruíbe, Mongaguá e Praia Grande.

A trilha também dá acesso a Praia da Saudade, um pequeno espaço de areia, que ao pôr do sol, conta com uma grande representação da natureza.

Endereço: Rua Sebastião das Dores, (ao lado do Iate Clube).

Costão Rochoso da Praia das Conchas

Para o Turista que gosta de uma pequena aventura, utilizar o Costão Rochoso para chegar a Cama de Anchieta e a Gruta Nsª. de Lourdes é uma ótima opção, passamos pela Praia das Conchas, uma pequena enseada com aproximadamente 30 metros de extensão, um caminho de fácil acesso onde se tem contato com o mar, além de aproveitar a excelente visão que o lugar oferece.

Localizado quase aos pés do morro de Paranambuco e o Costão da Praia dos Sonhos.

Passarela de Anchieta

Uma estrutura de 220 metros de comprimento por 1,60 de largura, construída com ipê e materiais derivados do eucalipto ecológico, é resultado de uma parceria e dos investimentos da Prefeitura de Itanhaém e das Ilhas Canárias, onde nasceu o Padre Jesuíta, utilizada para dar acesso a um grande marco da cidade de Itanhaém, a Cama de Anchieta, como não bastasse à visita em um dos locais mais belos, o visitante tem a oportunidade de conferir o costão rochoso onde as águas do mar se encontram com as pedras formando um lindo espetáculo natural, onde também se origina o nome da cidade, do Tupy Guarani, (ITA= Pedra, NHAÉM= que canta), A Pedra que Canta, que chora, que se lamenta, pois as ondas em contato com as pedras ouve-se ao longe um som das pedras cantando.

Morro do Paranambuco

Um dos mais belos morros da cidade é uma excelente escolha para quem gosta de esoterismo, calmaria e silêncio, além de contar com alguns atrativos como a Pedra da Esfinge, uma formação rochosa que ganhou essa denominação por parecer com o perfil do rosto de uma mulher egípcia, o Portal Místico, chamado assim pelos esotéricos e adeptos, por sentirem uma energia positiva ao encostarem nas pedras, e os Painéis de Anchieta, um projeto de parceria entre a Prefeitura Municipal de Itanhaém e a Sabesp, onde foi utilizada as caixas d’água para a construção de painéis que mostram um pouco da passagem de Anchieta na cidade,  sem contar com a vista das Ilhas Marítimas de Queimada Grande, Queimada Pequena e Laje da Conceição.

Roteiro “Caminhos de Anchieta em Itanhaém”

  • Monumento a Anchieta
  • Virgem de Anchieta
  • Púlpito de Anchieta
  • Cama de Anchieta
  • Painéis de Anchieta
  • Pocinho de Anchieta

 

Monumento a Anchieta 

Esculpido por Luiz Morrone, mesmo autor do desenho do brasão do Estado de São Paulo, em 1956, o monumento retrata a passagem do Padre pelo Litoral Sul de São Paulo, mais precisamente em Itanhaém.

Endereço: Praça Narciso de Andrade

Virgem de Anchieta 

A Virgem da Conceição (ou Virgem de Anchieta, exposta na Matriz de Sant’Anna), introduz no Brasil a devoção a Nossa Senhora. Trata-se de uma das mais importantes imagens sacras brasileiras, conhecida popularmente como Virgem de Anchieta. Feita de barro cozido (cerâmica), a sua origem ainda é assunto de polêmica entre os muitos especialistas que a estudaram. 

Púlpito de Anchieta

Na Praia dos Pescadores, localiza-se uma pequena elevação chamada púlpito de Anchieta, hoje ocupado por residências, mas tradicionalmente tem sua imagem ligada à figura de José de Anchieta, pois conta-se que o beato ali subia para apaziguar e catequizar os indígenas tupiniquins que habitavam a região compreendida entre o Japuí (hoje, São Vicente) e a região de Itariri.

Cama de Anchieta

Encravada entre os costões da Praia da Gruta e da Praia dos Sonhos, a formação rochosa foi o local escolhido pelo padre das Ilhas Canárias (Espanha), José de Anchieta, para repouso e inspiração. Hoje referência em turismo ambiental e religioso, o lugar é acessado através de uma ponte de 220 metros de comprimento por 1,60 de largura, construída com ipê e materiais derivados do eucalipto ecológico, graças à parceria entre o Executivo de Itanhaém e o Governo das Ilhas Canárias em La Laguna.

Painéis de Anchieta

Um museu a céu aberto. É assim que podem ser chamados os Painéis de Anchieta, o projeto foi desenvolvido visando compor o cenário juntamente com a Cama de Anchieta e a Gruta Nossa Senhora de Lourdes, dois grandes pontos turísticos e religiosos de Itanhaém.

A técnica usada foi aplicação de pastilhas de vidro, o que torna a obra definitiva. Os painéis foram feitos no Morro do Paranambuco devido aos reservatórios terem uma localização privilegiada e de grande alcance visual.

Pocinho de Anchieta

Conforme a lenda, o Pocinho foi construído pelos índios instruídos pelo próprio Padre José de Anchieta, para aprisionamento dos peixes durante o inverno, quando a pesca era mais abundante. Trata-se de uma formação em pedras dispostas umas sobre as outras, localizado na Praia do Cibratel.

 Conheça melhor Itanhaém, para maiores informações CLIQUE AQUI.

Entre em contato conosco e faça já sua reserva para o Recanto dos Gráficos em Itanhaém.

Ir para Página da nossa Pousada.