DIANTE DO DESEMPREGO CRESCENTE, SINDICATO CRIA CANAL COM GRÁFICAS PARA DIVULGAR VAGAS EM ABERTO NA REGIÃO

Diante do desemprego que continua crescendo no Brasil, e sem nenhuma ação do governo para mudar o cenário, tanto que até a multinacional RR Donnelley fechou e demitiu mil gráficos há dias, o Sindicato da classe em Jundiaí (Sindigráficos) está preocupado com desempregados da região. A fim de reduzir a dificuldade para a recolocação desses trabalhadores, a entidade investirá numa estratégia de comunicação com as gráficas onde há processo seletivo em aberto. A iniciativa visa dar visibilidade às vagas que surgirem de modo que mais desempregados tomem conhecimento e possam concorrer. O sindicato também receberá os currículos e enviará para as empresas, estas as únicas responsáveis pelo processo seletivo.  

A pesquisa inicial feita nos RH das gráficas da região identificou que nove estão contratando para várias funções. Em Vinhedo, a Log&Print (com 600 gráficos) e a Emepê (240) estão com processos seletivos em aberto. Não se trata de novos postos de trabalho, mas reposição da mão de obra. A Emepê está à procura de um executivo de vendas. Já a Log&Print tem procurado auxiliares de produção. Tem 20 vagas. Operador de Guilhotina e de Dobradeira também terão oportunidade na empresa. Várzea Paulista também tem vagas. A Casa Publicadora procura meio oficial de lombada quadrada e um meio oficial offset rotativa com experiência em Timson.

Tem mais vagas em várias gráficas da cidade de Cajamar. Mas a única delas que se trata de expansão de empregos é na HRosa. Nas demais, é a recomposição de vagas abertas mediante as demissões anteriores, a exemplo da D’arthy, Nova Página, Redoma e Oceano. A HRosa (com 80 funcionários) procura mais gráficos para atuar como bloquista, dobrador, motorista CNH D, operador de lombada quadrada, costureiro de livro editorial, faturista e auxiliar administrativo. A D’arthy (com 160) quer um porteiro.  A Nova Página (com 120) que procura operador de guilhotina. A Oceano (com 200) seleciona auxiliares de produção. A Redoma (com 90) quer designer, função que a gráfica Apollo em Jundiaí também deseja preencher. E precisa de um operador de Roland Bicolor.

Os gráficos desempregados interessados em alguma das vagas devem enviar o currículo para o sindicato pelo e-mail contato@sindigraficos.org. “Apesar dessas várias funções, não vivemos um período econômico muito bom, pelo contrário, sem nenhuma política governamental voltada para a retomada da produção industrial e para resgatar o poder de compra dos trabalhadores e os seus empregos. As projeções do PIB são pessimistas. E esse governo só atua para retirar direitos e achatar os salários” critica Leandro Rodrigues, presidente do Sindicato. O cenário preocupa muito o Sindigráficos. É por isso que criou essa estratégia de pesquisar e divulgar vagas abertas nas gráficas da região. Desde já, deseja boa sorte a todos.