DOBRA NÚMERO DE MORTES NA INDÚSTRIA E DONOS DE GRÁFICAS AINDA INSISTEM EM REDUZIR DIREITOS E RENDA DOS QUE CONTINUAM VIVOS

Não por acaso a luta do Sindigráficos nesta campanha salarial tem sido pela vida, emprego, renda e por comida no prato. Antes mesmo de iniciar a luta pela recuperação de 10,42% da massa salarial, o sindicato lutou pela vacina no braço dos trabalhadores contra a covid-19, cobrando inclusive de todas as prefeituras da região. Ainda assim, o Dieese acaba de divulgar um levantamento onde mostra que o número de desligamentos nas indústrias por mortes no 1º semestre dobrou em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 10.429 desligamentos por morte nos primeiros seis meses de 2021 diante de 5.010, em 2020. Apesar disso, os donos das indústrias gráficas continuam insistindo em retirar direitos e reduzir a renda dos trabalhadores