BATURROS ANALISA JORNADA DOS GRÁFICOS APÓS PLEITO DO SINDICATO PARA ALTERNAR SERVIÇO FEITO AO SÁBADO

Em visita a gráficas em Atibaia e cidades vizinhas, o Sindicato da classe (Sindigráficos) chegou na Baturros Confeccões e Impressos, em Nazaré Paulista, onde passou a defender a reivindicação dos empregados para que seja modificada a jornada semanal que se estende aos sábados. Os trabalhadores reivindicam uma redução sem prejuízo para a empresa de modo que lhe oportunize a produção e os lucros através da manutenção dos empregos, mas também que oferte ao empregado uma vida social e um convívio familiar nos finais de semana. Desde então, o Sindigráficos passou a pleitear à direção da gráfica o trabalho alternado aos sábados. A empresa, por sua vez, já respondeu garantindo que iniciou a análise.   

A jornada praticada atualmente obriga que todos trabalhem nos sábados para complementarem suas horas pendentes durante dias da semana, o que pode ser facilmente remanejada para evitar a obrigação no sábado. “Vamos analisar a viabilidade de melhorias para com a nossa equipe, seja na redução da jornada aos sábados e ou sábados alternados, tudo dentro do possível e da carga horária praticada”, garantiu a empresa por meio de um comunicado via e-mail para o Sindicato. Mas ela também adiantou que há departamentos que necessitam do funcionamento aos sábados, devido ao custo do investimento em um atual cenário de crise.

Enquanto isso não se resolve todos gráficos dos três turnos da empresa continuam laborando até cinco horas em todos sábados. O 1º turno das 6h às 10h50, o 2º das 10h20 às 15h20  e o 3º turno das 18h às 23h. Já nos dias de semana, trabalham respectivamente das 6h às 14h50; das 14h20 às 23h; e das 22h40 às 6h25, todos com uma hora de intervalo.

“Nossa reivindicação começou após a Baturros dar início a um processo de contratação de gráficos para atuar na portaria da empresa. Ela queria fazer acordo coletivo de trabalho somente sobre a jornada laboral deles” fala Jurandir Franco, diretor do Sindigráficos que atua no caso. A fim de não excluir os demais funcionários, o diretor já pleiteou para a empresa um acordo para todos, garantindo o desejo dos trabalhadores do local de modo a alterar a jornada semanal de serviço, reduzindo os sábados.

O Sindigráficos aproveita este cenário de negociação sobre a melhoria da jornada laboral dos funcionários para convidar aqueles que ainda não se sindicalizaram para que façam e fortalecem o atual pleito da Baturros. “Com a lei da reforma trabalhista em vigor, toda classe precisa se unir mais através da associação geral. Sindicalize-se AQUI”, convida Franco.