EMPRESA DE RÓTULO E ETIQUETA EM ATIBAIA É DENUNCIADA AO SINDICATO POR NEGAR CESTA BÁSICA MENSAL E PLR DOS GRÁFICOS

Toda gráfica paulista é obrigada a garantir uma cesta básica mensal aos funcionários e a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) anualmente. Portanto, a regra se aplica nas empresas do ramo de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e região. Logo, as gráficas de Atibaia também estão incluídas. A obrigação consta na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. Apesar disso, mesmo já funcionando há muitos anos em Atibaia, o Sindigráficos recebeu denúncias anônimas sobre o descumprimento pela gráfica La Imprenta.  

“Frequentemente estamos em contato com os trabalhadores em Atibaia e toda nossa base de atuação através da entrega de nosso Jornal Gráficos na Luta, mas dessa vez fomos surpreendidos com a denúncia de que esta empresa nunca distribuiu aos gráficos a cesta básica mensal de alimentos e nunca pagou a PLR anual”, diz Jurandir Franco, diretor do Sindigráficos.

A empresa, por sua vez, é obrigada a cumprir todas regras da convenção. Este conjunto de direitos coletivos é superior à CLT e deve ser cumprido segundo a legislação trabalhista. O não fornecimento da cesta básica e o não pagamento de PLR é uma irregularidade grave e, em confirmando a questão, cabe até ação coletiva de cumprimento na Justiça do Trabalho.

Jurandir informa que o Sindigráficos vai averiguar se a denúncia procede. O dirigente vai procurar os trabalhadores e a empresa para esclarecer a situação. A La Imprenta tem cerca de 8 trabalhadores e atua no segmento de rótulos e etiquetas – uma atividade econômica das indústrias gráficas. O sindicato aproveita e convida os gráficos do local para se sindicalizarem.