EMPRESAS INSISTEM NO ATAQUE E IGNORAM RISCO DE GREVE E GRÁFICOS PREPARAM NO DOMINGO O MOVIMENTO GREVISTA

Neste domingo (12), depois do sindicato patronal voltar a ameaçar esta semana os gráficos com o fim dos seus 87 direitos coletivos, vencidos desde 1ª de novembro – data-base da classe -, ainda não garantida, bem como exigir o fim da PLR para se tornar um frágil abono, os gráficos de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e região participarão de assembleia para a organização dos comandos de greve rumo à greve geral nas empresas. A assembleia será realizada às 9h no sindicato da classe (Sindigráficos). O órgão já está inclusive convocando os empregados direto nas gráficas desde quarta-feira e continuará durante todo o dia de hoje, que se soma as mobilizações que ocorrem hoje pelo Brasil contra reforma trabalhista, reforma previdenciária e demais medidas anti-trabalhadores de Temer.

“Vamos decidir quais as primeiras gráficas que vamos paralisar. E para que o movimento seja bem organizado e vitorioso, se faz necessário a grande participação dos trabalhadores para decidirmos os comandos de greve”, fala Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. A entidade fornecerá transporte para o comparecimento dos gráficos das principais regiões. Para obtê-lo, basta ligar para (11) 4521- 2163.

O órgão orienta os trabalhadores para não aceitarem intimidação da chefia ou patrões. A greve já foi notificada oficialmente e tem as garantias legais. Com isso, a empresa fica proibida de fazer represália e até de contratar mão de obra substituta enquanto durar o movimento grevista, como optou o patronal.

Portanto, todos juntos no domingo, às 9h, no Sindigráficos em Jundiaí. A preparação conjunta dos comandos de greve nas gráficas da região vai garantir uma maior organização obreira para evitar a perda dos direitos.

Tal decisão foi tomada depois do patronal ter sido legalmente notificado de greve pelo Sindigráficos na terça. Pelo documento entregue, venceu ontem o prazo do patronal responder se manteria a histórica data-base e todos os direitos coletivos ou legitimaria o movimento grevista. Até hoje, não houve sequer respeito em responder, o que significará greve e greve em defesa da continuidade dos direitos!

A convocatória para a assembleia dos gráficos deste domingo e razões para participar constam inclusive na edição especial do Gráficos na Luta (AQUI), que está sendo distribuída aos gráficos nas assembleias por empresa que estão sendo realizadas nos últimos dias. A convocatória continua hoje nas empresas, mas iniciaram desde quarta na Gonçalves. Diversas gráficas já foram visitadas ontem pelos sindicalistas, a exemplo da Emepê, Log&Print. A convocatória hoje já começou pela Jandaia. “O patronal deveria respeitar nossos direitos porque damos a ele o lucro; mas como não quer, lutaremos para mantê-los sempre”, fala Rodrigues.