GENERAL À FRENTE DOS CORREIOS REVOGA DIREITOS DE 30 ANOS DA CATEGORIA. EM RESPOSTA, 100 MIL TRABALHADORES ENTRAM DE GREVE

Depois de inúmeras tentativas de negociação, cerca de 100 mil trabalhadores dos  Correios de todo o Brasil decidiram, em assembleias realizadas nesta segunda-feira (17), decretar greve nacional em todo o país. Os trabalhadores reivindicam a manutenção de direitos conquistados em acordos coletivos há mais de 30 anos, que vêm sendo atacados pela direção dos Correios, comandada pelo general Floriano Peixoto, que se nega a qualquer processo de negociação. Além de se negar a negociar, a direção da estatal surpreendeu os trabalhadores e trabalhadoras no dia 1º de agosto com a revogação do atual Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) que estaria em vigência até 2021.LEIA MAIS 

FONTE: Com informações da CUT