GRÁFICA SANTA TEREZINHA (ITATIBA) COMPROVA SUA REGULARIDADE QUANTO À APLICAÇÃO DOS REAJUSTES SALARIAIS

O Sindigráficos, com base em denúncia anônima, que publicou equivocadamente no “Jornal Gráficos na Luta”, ano V – março/abril de 2019, a notícia de que a Gráfica Santa Terezinha, que é o nome fantasia de MEDINA E SANFINS EMBALAGENS LTDA., estava desconsiderando o aumento no salário dos profissionais em Itatiba, que nenhum dos empregados era sindicalizado e que estariam sendo desrespeitado pelo patrão com o salário rebaixado. Ocorre, porém, que a Gráfica Santa Terezinha, inconformada com a referida “notícia”, propôs ação judicial em face deste Sindicato e comprovou, documentalmente, sua regularidade quanto ao cumprimento de suas obrigações relativas aos reajustes salariais previstos em convenções coletivas de trabalho. Desta forma, e para que não pairem dúvidas, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e região (Sindigráficos) vem a público apresentar sua retratação sobre o referido episódio, informando a todos que tiveram acesso àquela publicação, que a Gráfica Santa Terezinha encontra-se adimplente e, portanto, rigorosamente em dia com as obrigações trabalhistas no que diz respeito aos reajustes salariais previstos na norma coletiva de trabalho, pelo que o Sindicato pede escusas àquela empresa por conta da divulgação incorreta e indevida.