GRÁFICAS DE VÁRIAS REGIÕES FORAM NOTIFICADAS DE GREVE E OUTRAS MAIS PODEM SER NOTIFICADAS HOJE NA 3ª MESA NEGOCIAL

Até agora, em duas rodadas de negociação, o patronal continua a desrespeitar os trabalhadores gráficos. O assunto deles nas duas reuniões foi a tentativa de mudar a data-base da categoria. Sequer analisaram a pauta de reivindicação da classe. E na última reunião propuseram até a retirada da PLR por uma frágil abono. Desse modo, como não podia ser diferente, a formalização da greve acaba de ser protocolada também pelo Sindicato dos Trabalhadores Gráficos (STIG) de Taubaté e Região. A entidade avisa ao sindicato patronal que o tempo está correndo para o início das paralisações. E o interesse pelo movimento paredista cresce diante da ofensiva insistente do patronal. Outros sindicatos no estado já notificaram o patronal de greve, a exemplo do STIG Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e Região e do STIG Guarulhos e Região. O STIG Barueri/Osasco passou a notificar de greve cada empresa da sua região de atuação.  Além disso, se o abuso continuar, um conjunto de outros STIGs já está se preparado para notificar o patronal hoje durante a 3ª rodada de negociação, e assim a última mesa, antes do começo do movimento paredista unificado. 

Todos os direitos conquistados pela Convenção Coletiva de Trabalho podem se perder caso sua entidade não firme acordo. Desse modo, já alertamos aos trabalhadores e trabalhadoras que somente com máquinas paradas o patronato vai respeitar e dar o devido valor a mão de obra dos trabalhadores. “Estamos empenhados na defesa dos trabalhadores, que serão convocados para participar da defesa de seus salários e direitos, já que, até agora, o patronato está apostando que a categoria aceitará a retirada de nossos direitos sem lutar”, diz Sandro Ramos, diretor do STIG Taubaté. O dirigente adianta que os patrões que apostarem nisso, verão que estão enganados.

FONTE: Com informação do STIG Taubaté