GRÁFICOS CIPEIROS PODEM AJUDAR NA REDUÇÃO DO CONTÁGIO DO COVID-19 NO TRABALHO. PROCURE O SINDICATO

No último mês, quando os contágios e mortes pelo covid-19 ainda não se falavam, os gráficos da Bercrom em Valinhos puderam contar outra vez com a participação do Sindicato da categoria (Sindigráficos) atento à questão da segurança e da saúde. A entidade, que se preocupa com as condições de trabalho nas gráficas, ao ponto de já ter garantido inclusive acordo na Bercrom para qualificar a jornada laboral e garantir direitos extras, esteve no local desde a madrugada. Acompanhou a votação e a apuração de votos em gráficos para a Comissão Interna de Prevenção de Acidente (Cipa) – equipe que tem um papel fundamental para ajudar também na redução da transmissão do coronavírus no local de trabalho. As medidas sanitárias e de higienização do local e dos empregados são mais que necessárias. O sindicato continua à disposição de todos através do Comando de Crise pelos fones/whatsApp 97199 2087 3 97100 9785.

Jurandir Franco, diretor do Sindigráficos que acompanhou o processo eleitoral, constatou que a escolha dos novos trabalhadores na condição de cipeiros transcorreu de forma democrática e muito transparente. “Os empregados puderam decidir quem seriam os seus representantes dentro da fábrica no tocante à proteção de suas integridades física e mental no ambiente de trabalho”, garante o sindicalista. A presença do Sindicato também garantiu uma maior transparência da montagem da Cipa. Tudo foi acompanhado de perto, inclusive a apuração dos votos. A ação sindical foi elogiada pela direção e gestores da própria empresa.

A participação dos gráficos foi alta. Apenas aqueles que estavam de férias ou afastados por outra razão não votaram. Houve só um voto em branco e outro nulo. Os dois trabalhadores com maior número de votos tornaram-se cipeiros. São eles: Fabiane Nogueira e Vanderlei Rodrigues. O terceiro e quarto colocados também foram selecionados para assumirem o posto na condição de suplentes em caso da ausência dos respectivos titulares. Os suplentes são o gráfico José Alexandre Viera e Fernanda Castro Piva.

O Sindigráficos se coloca à disposição dos novos cipeiros caso precisem a qualquer momento, ainda mais agora diante da pandemia. Espera conta com todos nesta luta e deseja boa sorte e bom trabalho no cuidado com saúde e segurança do conjunto dos trabalhadores na Bercrom. O cipeiro tem estabilidade temporária durante o mandato de um ano e pelo mesmo período depois que deixa a função. A garantia do emprego está na lei e existe para que o gráfico faça a função para valer.

O cuidado com a integridade física e mental da classe é uma preocupação constante do Sindigráficos. Não à toa, a entidade sindical também já atuou junto à Bercrom para garantir um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) voltado para jornada laboral. Pelo definido, o gráfico do 3º turno só trabalho de segunda à sexta-feira. Os do 1º e 2º turnos até que laboram nos sábados, mas só de 15 em 15 dias. Sem este acordo isso não seria possível. É bom lembrar que os acidentes ocorrem com mais frequência pela carga de trabalho. O acordo restringe até banco de hora e garante folga extra, além da obrigatória homologação da rescisão no sindicato, o que evita até demissão do profissional doente, sem falar na garantia do cumprimento e pagamento de todos os direitos.