GRÁFICO, SEM SINDICATO, VOCÊ TRABALHARÁ POR MAIS TEMPO E RECEBERÁ MENOR SALÁRIO E MENOS DIREITOS. JUNTE-SE A NÓS!

Em algumas pequenas empresas, onde o patrão conhece todos os seus empregados, até pelo nome, é possível que o trabalhador receba, em algumas delas, tratamento mais humano, mais cidadão. Mas, isto não é valido para a maioria. Esta quer retirar a última gota do seu empregado. Fazê-lo trabalhar cada vez mais, mais no tempo e mais barato (pagando menos), simplesmente para engordar seu cofrinho, insaciavelmente. E ponto. Então, amigo pião, aqui entra o sindicato. Mesmo quando ele é dirigido por pelegos, ainda assim, é o sindicato que faz chegar até você os aumentos salariais anuais, e melhores condições de vida, por menores que sejam.  Gráficos, sindicalizem AQUI. Só juntos, somos fortes! 

Quando, por outro lado, eles são dirigidos por companheiros que colocam, em primeiro lugar, os direitos e as mais sentidas reivindicações de sua categoria, aí então é que a coisa melhora. Portanto, o sindicato é muito importante na sua vida, por isso, você deve contribuir espontaneamente para ele, porque um sindicato só é forte se conta com sua participação permanente nas lutas, e com sua contribuição financeira, porque, sem grana, ninguém faz nada. Milagre não existe, cara.

Se a sua entidade é dirigida por pelegos, não vale desfilar-se dela e ponto final. Não, você tem que participar ainda mais, para credenciar-se junto aos outros companheiros, colegas de empresa, enfim, de todos da categoria, para mudar a situação. Eleger uma diretoria composta de trabalhadores efetivamente comprometidos com a defesa dos direitos e a luta sem trégua pelas mais sentidas reivindicações da categoria.

Nuca pense que os patrões vão dar aumento aos seus empregados de forma espontânea. Porque são “bonzinhos”. Isto não existe amigão. Lembre-se sempre que, os reajustes salariais, a ampliação de seus direitos são, sempre, conquistas dos sindicatos.

Sempre que eles mobilizam e orientam corretamente os trabalhadores sobre seus direitos e reivindicações, promovem seminários, cursos de formação sindical; realizam passeatas e greves; apresentam propostas corretas aos patrões e lutam com toda a firmeza por elas; e não fazem acordo com eles “debaixo dos panos”, sua vida melhora, seu salário aumenta, suas condições de trabalhos são cada vez melhores; com isso sua saúde e sua segurança aumentam junto; enfim, você tem uma vida melhor e crescentemente.

Finalizando, companheiro, o que tenho a dizer é que você deve se filiar a um sindicato. Mas não só. Participar ativamente dele, de todas as suas atividades. Deixar de ser “munheca” e contribuir financeiramente com ele seja com as mensalidades, com a contribuição assistencial, e a sindical que é descontada de seu salário todo mês de março.

Na medida em que sua participação na entidade é efetiva, claro que os recursos financeiros dela serão melhor aplicados. O que você deve exigir e cobrar cotidianamente.

Não contribuir com o sindicato, assinar pedido de não pagamento de contribuições (em geral estimulados pelos patrões), colocar sempre dúvidas e não participar, você estará dando uma mão e tanto ao patrão.

Seja esperto cara, entre seu patrão e seu sindicato fique com este último. Se o patrão lhe pede para não pagar a assistencial, é porque ele sabe, e talvez você não, que sindicato sem grana é sindicato fraco.

Portanto, sindicalize-se e participe!

POR José Augusto Azeredo
FONTE: Com informações do Blog Zé Augusto