GRÁFICOS DA INAPEL FOLGAM TRÊS DIAS POR SEMANA APÓS AVANÇO NO ACORDO ENTRE SINDICATO E EMPRESA

inapel2 inapel3

É isso mesmo! Três dias de folga por semana e quatro dias de trabalho. Mãos às obra só de segunda a quinta. E descanso da sexta a domingo. Este é o novo expediente oficializado na gráfica Inapel, em Jundiaí. A iniciativa é resultado do avançado Acordo Coletiva de Trabalho (ACT), que foi firmado pelo sindicato dos gráficos (Sindigráficos) e a empresa, e aprovado pelos empregados na última semana. A decisão foi realizada por meio de votação individual e secreta. O resultado pela aprovação do novo acordo com três dias de folga foi unanime. Esta foi a primeira vez na história das votações secretas que houve consenso. O Sindigráficos, que comemora o feito, avalia o resultado do pleito como oportuno, visto que o novo acordo já era um desejo dos empregados, porque garantirá mais dias de descanso e lazer, bem como de ficar próximo à sua família. 

inapel5“A empresa tem 80 funcionários e a aprovação do acordo foi consensual entre todos os que participaram do processo de votação na quarta-feira (16)”, conta Jurandir Franco, diretor do Sindigráficos, que estava à frente da consulta. Houve votação em dois horários para prestigiar os gráficos do horário noturno. Pelo texto do acordo, os empregados cumprirão as 44 horas semanal de trabalho de segunda à quinta. Haverá apenas dois turnos: das 6h às 18h e das 18h às 6h. Em ambos os turnos haverá uma hora para a refeição. E folgam de sexta à domingo.

Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos, ressalta que o sindicato sempre irá apoiar o desejo dos empregados, e, se eles preferem folgar três dias e trabalhar tudo em quatro dias, assim a entidade vai apoiar. “O novo acordo permite mais descanso e vida social para o gráfico e sua família, oportuniza inclusive a ir para o Recanto dos Gráficos (Colônia de Férias) do Sindigráficos, no litoral de Itanhaém”, comemora o dirigente. O acordo também renovou a folga remunerada no Dia do Gráfico, que é celebrada nacionalmente no dia 7 de fevereiro.

inapel4Em períodos de grande volume de produção, ficou ainda acordado que haverá mudanças temporárias na escala dos gráficos. O trabalho volta a ser de segunda a sábado com três turnos: das 6h às 14h; das 14h às 22h e das 22h às 6h. “Quando isso ocorrer, a empresa também terá de contratar para não onerar os trabalhadores e o acordo em questão”, frisa Rodrigues. Estes critérios foram aprovados pelos funcionários da Inapel. Para o pessoal do Administrativo, o acordo aprovado garante sempre um horário de trabalho de segunda a sexta, com carga menor na sexta. O turno fica das 7h às 17h de segunda a quinta. E das 7h às 16h na sexta.

“Os trabalhadores têm reconhecido nossas ações em defesa deles e passaram a se filiar ao sindicato, que é a única entidade que efetivamente é responsável pela luta direta e conquistas para os trabalhadores”, pontua Franco. O dirigente conta que hoje 25 gráficos já estão sindicalizados e outros mais trabalhadores da Inapel já pediram as fichas para também se filiarem. A filiação mantém o sindicato firme na luta.