Gráficos iniciam negociação com o Sindicato Patronal nesta terça

Campanha-Unificada

A primeira rodada de negociações entre a FTIGESP (Federação dos Gráficos do Estado de São Paulo) e o Sindicato Patronal (SINDIGRAF) será realizada nesta terça-feira, dia 7, em São Paulo. A categoria reivindica 6% de aumento real, aumento da PLR conforme aumento tabela de reposição, além de avanços em itens como cesta-básica, horas extras e férias. (Confira as principais reivindicações abaixo)

A diretoria do Sindicato dos Gráficos de Jundiaí e Região irá reforçar as negociações com a Federação para avançar nas conquistas.

Para o presidente da FTIGESP, Leonardo Del Roy, não há justificativa para não haver aumento no salário dos trabalhadores este ano, pois nos últimos anos as empresas tiveram lucros significativos.

Outro ponto que será debatido na mesa de negociação será a alta rotatividade que tem reduzido drasticamente o salário dos trabalhadores e diminuindo a força dos Sindicatos. “A rotatividade só traz lucro para os patrões e nenhum benefício à categoria”, afirma Leonardo.

PRINCIPAIS CLÁUSULAS DE MELHORIAS DA PAUTA

– INFLAÇÃO: 100% de reposição;

– AUMENTO REAL: 6%;

– HORAS EXTRAS: 100% dias normais e 130% aos domingos e feriados;

– PLR: Aumento na tabela conforme reposição;

– CESTA BÁSICA: Melhorias em geral;

– APOSENTADORIA: Com dois anos garantia de emprego e salário;

– FÉRIAS: Garantia de emprego por 60 dias, com multa de um salário nominal em caso de demissão;

CLÁUSULAS NOVAS:

– Promoções com aumento salarial;

– Jornada de trabalho para 40 horas semanais;

– Dia do Gráfico (7 de Fevereiro);

– Garantia de trabalho ao empregado acidentado com sequelas e readaptação;

– Auxílio alimentação;

– Estabilidade provisória de 90 dias da data base.