SALÁRIO MAIOR E NOVOS BENEFÍCIOS PARA MAIS 40 GRÁFICOS NA REGIÃO DE AÇÃO DO SINDIGRÁFICOS

encoplas1 encoplas3

Mais 40 trabalhadores da região de atuação da entidade de classe dos gráficos de Jundiaí (Sindigráficos) podem passar a receber o salário e os justos benefícios da categoria. Os empregados em questão são da empresa Encoplas, do ramo de serigrafia, mas especificamente do setor de auto frequência, na cidade de Bom Jesus dos Perdões. Embora seja do segmento ligado às indústrias gráficas, a empresa ainda não está enquadrada sindicalmente no setor, como havia se comprometido em fazer desde o ano passado. Assim, o Sindigráficos retomou as tratativas com a empresa, inclusive se reuniu com o dono da Encoplas na semana passada, na Federação estadual da categoria, na cidade de São Paulo. O proprietário, que é o prefeito do município onde a empresa funciona, Eduardo Massei, sinalizou positivamente para os encaminhamentos do enquadramento. E, para isto, ele autorizou a responsável pela empresa a se reunir com o Sindigráficos para pautar as questões para conclusão deste processo. O encontro será realizado na próxima semana. 

encoplas2O aumento imediato do valor do salário e o direito de receber benefícios com base na Convenção Coletiva de Trabalho dos gráficos. Estas serão as vantagens diretas para os 40 empregados da unidade da Encoplas, em Bom Jesus dos Perdões, se concluírem as tratativas sobre o caso. Os gráficos devidamente enquadrados têm direitos a vários benefícios,  a exemplo da cesta básica em todos os meses, além do auxílio creche para filhos de até três anos, como também a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e etc..

“Não descansaremos enquanto não garantirmos esta realidade para estes trabalhadores” ressalta Leandro Rodrigues, presidente do Sindgráficos. Ele fala que a luta é necessária e justa porque os funcionários são gráficos, uma vez que desenvolvem atividades do setor, mas só não recebem o correto salário e benefícios.

O dirigente informa que a conversa com o dono da Encoplas foi positiva, embora também tenha sido assim no ano passado, mas nada saiu do papel. Todavia, Rodrigues sinalizou ao empresário que dessa vez não pode ficar só na promessa.

encoplas3Em 2014, o Sindigráficos chegou até a ir no parque fabril em Bom Jesus dos Perdões, para, junto com os diretores da empresa, verificarem se o processo produtivo e as atividades feitas eram correspondentes ao setor gráfico. E assim ficou comprovado e foi aceito por todos presentes.

Na época, os trabalhos foram conduzidos pelos sindicalistas Leonardo Del Roy e Jurandir Franco. “As tratativas de agora devem ser tão somente para concluir o referido enquadramento”, prevê o dirigente.

O Sindigráficos espera que tudo seja concluído rapidamente, sobretudo porque a unidade da Encoplas na cidade de Franca, já reconheceu o respectivo enquadramento sindical. “Embora o reconhecimento resultou de sentença judicial, porque o proprietário havia se recusado a fazer espontaneamente”, diz Rodrigues.

Com a posição do Poder Judiciário sobre o mérito da questão em uma unidade da empresa, o sindicalista não acredita que o empresário seja contrário ao enquadramento da outra unidade, localizada em Bom Jesus dos Perdões. Todavia, o órgão de classe não hesitará em recorrer à Justiça do Trabalho se for preciso.