MAIS TRÊS MILHÕES DE TRABALHADORES PERDEM EMPREGO DIANTE DA PANDEMIA E DESGOVERNO

O número de desempregados no Brasil aumentou 31% em 12 semanas, período mais crítico da pandemia do novo coronavírus, e atingiu nesses três meses 3,1 milhões de brasileiros, de acordo com pesquisa PNAD COVID19 do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta sexta-feira (14). Com isso, o total de trabalhadores desempregados no país subiu para 12,9 milhões de pessoas (13,7%) no período de 19 a 25 de julho, 550 mil a mais do que na semana anterior. A alta é recorde se comparada à primeira semana de maio (10,5%). LEIA MAIS 


FONTE: Com informações da CUT