SAIBA COMO CONTESTAR A NEGATIVA DO GOVERNO BOLSONARO AO SEU SEGURO EMERGENCIAL DE R$ 600

A análise dos dados é feita pela Dataprev, estatal responsável por verificar se o cidadão cumpre todas as exigências previstas na lei para o recebimento do Auxílio Emergencial de R$ 600, aprovado pelo Congresso Nacional para ser pago durante o período de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Uma vez concluída a análise e retornando como “aprovada”, a liberação do recurso é realizada pela Caixa Econômica Federal. Caso o resultado seja “benefício não aprovado”, o cidadão poderá contestar o motivo da não aprovação ou realizar a correção de dados por meio de nova solicitação. Se o retorno da análise for “dados inconclusivos”, será permitido ao cidadão também realizar nova solicitação. 

Passo a passo para contestar ou realizar nova solicitação – No site auxilio.caixa.gov.br, o interessado vai clicar em “Acompanhe sua solicitação”, vai informar o seu CPF, marcar a opção “não sou um robô” e clicar e continuar. É preciso informar ainda o código enviado via SMS para o celular do beneficiário. Após esse passo, vai aparecer a mensagem “Auxílio Emergencial não aprovado”, sendo informado também o motivo da não aprovação. Logo abaixo, são disponibilizados dois links. No primeiro, é possível “Realizar nova solicitação”, no caso de ter informado algum dado errado. No segundo, o cidadão deve “Contestar essa informação”, caso julgue que informou os dados corretamente, mas não concorda com o motivo da não aprovação. LEIA MAIS 

 

FONTE: Com informações da CUT-SP