SE DEPUTADOS NÃO AGIREM, NOVA MEDIDA (MP 975) DO GOVERNO TAMBÉM MANTERÁ DIFICULDADES PARA MICRO E PEQUENAS GRÁFICAS CONSEGUIREM RECURSOS PARA FOLHA SALARIAL

A Câmara Federal já tomou partido contra a nova MP e garante que vai mudar a medida de Bolsonaro, a qual não liberará os recursos prometidos na vida real, mas somente no papel. “Infelizmente, como todos sabem, apenas uma ínfima parte do dinheiro (da MP 944 de Bolsonaro e de Paulo Guedes) chegou na ponta. A grande maioria dos empreendedores ainda está sem acesso ao dinheiro”, disse o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, neste domingo (7), no Twitter: “O Parlamento vai corrigir o texto da MP 975 com urgência para que os bancos liberem de uma vez o crédito para os empresários (micro, pequenos e médios). De acordo com Maia, o texto da medida tem “erros parecidos” com o da MP 944, que estabeleceu um programa para financiar a folha de pagamentos com 85% de recursos do Tesouro Nacional, mas que teve baixa adesão.

FONTE: Com informações de UOL