SENADO DÁ AVAL À MEDIDA DE BOLSONARO PARA ACABAR COM FUNDO DO PIS/PASEP DO TRABALHADOR

Com a extinção do fundo do abono salarial do PIS/PASEP, conforme Medida Provisória (MP) nº 946 do governo de Jair Bolsonaro, aprovada semana passada pelos aliados no Senado, os trabalhadores, inclusive os gráficos, inscrito nos programas terá direito ao saque do valor total do seu saldo somente até 1º de junho de 2025. Após este período, o dinheiro irá para os cofres da União, que decidirá qual o destino do recurso.  Contudo, como houve mudanças no texto da MP durante a votação no Senado, que havia sido aprovado pela Câmara no mesmo dia, quinta-feira (30), a proposta precisa voltar para ser votada pelos deputados até o próximo dia 4 de agosto (terça-feira), para não perder a validade. LEIA MAIS 


FONTE: Com informações da CUT