SINDICATO CONVOCA GRÁFICOS DE JUNDIAÍ E REGIÃO PARA AVALIAR A CONTRAPROPOSTA PATRONAL SOBRE O SALÁRIO

1“A assembleia do dia 22/11/2016 é aberta a todos os gráficos, sindicalizados ou não para avaliar a contraproposta patronal e decidir os próximos passos da campanha Salarial, fala o presidente do Sindigráficos Jundiaí, Leandro Rodrigues. Os patrões queriam inicialmente tirar até os direitos dos trabalhadores no começo das negociações. Isso só não ocorreu por conta da resistência de boa parte dos gráficos. O dirigente é categórico ao afirmar que este plano patronal só não se tornou realidade por conta das várias assembleias realizadas nas empresas da base de Jundiaí e em algumas outras regiões, como em Bauru e Taubaté, as quais contaram inclusive com apoio do Sindigráficos. Estas atividades foram cruciais para a reformulação da posição inicial dos patrões.

A contraproposta final do Sindicato Patronal foi a seguinte:

  • Manutenção dos Benefícios e de todas as Cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho;
  • Reajuste integral do INPC apurado no período de 01/11/2015 a 31/10/2016, de 8,5%, a ser repassado em duas parcelas: a primeira de 5% a partir de novembro de 2016 e a segunda de 3,33% a partir de março de 2017;
  • Manutenção da PLR no mesmo valor previsto na Convenção Coletiva vigente  

2A referida contraproposta patronal, apresentada na última negociação, foi aceita pela maioria dos Sindicatos dos Gráficos do Estado de São Paulo  o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas de Jundiaí, por sua vez, optou por dividir a responsabilidade da decisão com os trabalhadores de sua base, levando para a decisão soberana dos gráficos através de assembleia na próxima terça-feira (22), às 19h, no Sindigráficos em Jundiaí. A pauta de reivindicação inicial da categoria aprovada na primeira Assembleia da campanha salarial consistia no reajuste integral da inflação em todas as cláusulas de natureza econômica (salário, benefícios e PLR), além da manutenção de todos direitos da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. Os patrões não aceitam e deram sua palavra final ontem, sendo aceita por todos os demais sindicatos envolvidos na negociação a exceção do Sindicato dos Gráficos de Jundiaí e Região, cuja decisão será tomada na assembleia da categoria.

VAMOS A LUTA

TODOS OS TRABALHADORES GRÁFICOS NA ASSEMBLÉIA GERAL PARA APRECIAR E DECIDIR SOBRE A CONTRAPROPOSTA PATRONAL.