SINDICATO GARANTE FISCALIZAÇÃO DE DIREITOS NA LITOBAND E JORNADA LABORAL QUE GARANTE EMPREGO E VIDA SOCIAL

Na última semana, trabalhadores da Litografia Bandeirantes (LitoBand), gráfica que é uma das mais tradicionais do ramo na cidade de Jundiaí, com tecnologia de ponta, aprovaram novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) firmado com o Sindicato da classe (Sindigráficos). É a 3ª vez que este acordo é renovado. Mas, dessa vez, houve mais pontos em defesa dos gráficos que foram retirados pela nova lei do trabalho. Nos próximos dois anos, até abril de 2020, nenhum gráfico pode ser demitido sem que os seus direitos, inclusive todas verbas rescisórias, FGTS, aviso prévio e até questões da saúde do trabalhador, sejam fiscalizados pelo sindicato. Além disso, a jornada semanal de 80% dos gráficos do local só devem ocorrer de segunda à sexta-feira. E do restante em sábados alternados (nos dois turnos diários) e em domingos alternados (no turno da noite).

As assembleias e a votação secreta de cada gráfico foram realizadas na última segunda e terça-feira dentro da própria LitoBand. O Sindigráficos organizou e acompanhou o processo. Todos os votante foram favoráveis ao novo acordo coletivo. O resultado mostra a satisfação da categoria. E eles continuam tendo a oportunidade de manter seu emprego e sem que haja prejuízo na sua vida social. A maioria continua folgando todo o fim de semana. Pelo ACT firmado, 80% dos gráficos trabalham em um dos nove horários contemplados dentro do período do setor Administrativo, ou seja, ninguém trabalha em nenhum sábado e em nenhum domingo.

O benefício da jornada também se estende para o restante dos 20% dos gráficos da LitoBand que trabalham em regime de turnos. Há dois turnos diurnos com folga em sábado alternado. No turno A, labora-se em uma semana de 5h15 às 14h15 de segunda a sábado; e na outra, de 2ª a 6ª feira. No turno B, em uma semana de 12h50 às 21h50 de segunda a sexta; e na outra, de 2ª a sábado. Sempre com uma hora de refeição. E, na empresa, ainda há turno noturno com folga alternada no domingo. Eles trabalham em uma semana de segunda à sexta de 21h45 às 5h46; e na outra semana, neste mesmo horário, de domingo até a sexta-feira.

A obrigatoriedade da homologação da rescisão contratual do trabalho no Sindigráficos também foi incluída no acordo. Com isso, nenhum gráfico ficará sem a fiscalização sindical sobre a LitoBand quando ela decidir demitir o funcionário e for pagar as verbas rescisórias e demais direitos. “A empresa garantiu transparência do processo em prol do trabalhador”, diz Leandro Rodrigues, presidente do Sindicato. E a própria empresa, que não costuma sonegar ou atrasar direitos e salários, reconheceu que a homologação também garante segurança jurídica, evitando surpresas  posterior no acionamento judicial diante de dúvidas sobre o pagamento das verbas diversas, inclusive dos diretos convencionados da categoria.

Felizmente houve este avanço no novo acordo, porém, infelizmente, a Litografia Bandeirantes ainda insiste em resistir à concessão do Dia do Gráfico como feriado – reivindicação do Sindigráficos que já garantiu tal direito em várias empresas da região, que é a única de todo o estado de São Paulo que tem garantido o histórico Sete de fevereiro como feriado.  “Nós, do Sindicato, continuaremos defendendo junto à LitoBand que seja valorizado o funcionário através da liberação da folga do Dia do Gráfico, mas, para isso, precisamos ter a unidade e participação do trabalhador junto ao seu Sindigráficos. Sindicalize-se AQUI“, convoca Rodrigues.