SINDICATO NOTIFICA PLASTAMP POR ILEGAL DESVINCULAÇÃO DOS DIREITOS DA CATEGORIA DOS GRÁFICOS DA SERIGRAFIA

Embora há anos, antes mesmo de sair de Jundiaí e se instalar há uns 4 anos em Itupeva, a Plastamp sempre reconheceu os funcionários do setor de Serigrafia como sendo da categoria gráfica, isto porque este segmento econômico é uma atividade das indústrias gráficas. Ocorre que no último mês, de forma unilateral, irregular e informal, a empresa decidiu descumprir   o respectivo enquadramento sindical dos seus trabalhadores da serigrafia. Com isso, deixar de validar os direitos e salários definidos pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos Gráficos. O Sindigráficos notificará extrajudicialmente a empresa frente à irregularidade cometida.   

“Fomos surpreendidos com esse desenquadramento irregular quando entregávamos o jornal do sindicato aos gráficos da Plastamp em outubro”, diz Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. Os diretores sindicais chegaram a ser impedidos de continuar distribuindo o informativo no local, sob a alegação de representantes da empresa de que lá não tem mais gráficos, mediante a decisão unilateral, mesmo todos dentro da serigrafia.

O Sindigráficos, por sua vez, adianta que a posição da empresa contraria todas as questões técnicas (ABTG) e legais (CNAE, CBO e CCT). Apesar da Plastamp produzir tampas plásticas de bebidas, sendo a maioria dos empregados do local do segmento das indústrias do Plástico, existe no interior da empresa a área de serigrafia e os funcionários desse setor, os quais são da indústria gráfica, devendo assim, continuarem enquadrados sindicalmente enquanto gráficos. São 20 trabalhadores nesta condição.

Desse modo, independente da vontade da Plastamp, o Sindigráficos se coloca à disposição de todos os trabalhadores da serigrafia da empresa. De antemão, o sindicato já notificou a empresa pela decisão equivocada de desvinculação do correto enquadramento sindical dos gráficos. “Vamos tratar tecnicamente e legalmente que a impressão em tampas e em quaisquer outros produtos é uma atividade gráfica. Logo, a Plastamp deve reconsiderar seu equívoco”, completa Leandro.