SINDICATO QUER AUMENTAR SALÁRIO E ELEVAR DIREITOS DOS GRÁFICOS DE POUPA TEMPO E DETRANS DE JUNDIAÍ E REGIÃO

Até o fim do ano, 100 gráficos das unidades dos Poupas Tempo e Detrans em Jundiaí e municípios da região, podem ser beneficiados com acordos financeiros e direitos negociados pelo Sindicato da classe (Sindigráficos) com a empresa terceirizada do local (Valid). A entidade sindical não quer nada em troca dos empregados, mesmo que conquiste um salário maior para todos e mais direitos em um acordo que está sendo negociado. Nem quer nada dos trabalhadores se garantir um outro acordo onde atua para manter uma remuneração extra, como uma espécie de 14 salário a todos.

O Sindigráficos não descontará nenhum percentual do gráfico pelo direito se for consolidado por mais um ano. O único desejo da entidade é que os gráficos da Valid na região se conscientizem da relevância do sindicato para continuar defendendo o salário e o conjunto de direitos da categoria. “Para isso acontecer, basta a atitude do trabalhador se sindicalizando junto à entidade da classe. A filiação é vital para que os benefícios continuem”, fala Leandro Rodrigues, presidente do Sindicato que negocia os acordos.

A negociação em curso se refere ao Acordo Coletivo de Trabalho referente ao piso salarial diferenciado para os funcionários que trabalham na Valid, lotados em unidades de Detrans nas cidades (Ciretrans) e Poupa Tempo, como nas unidades de Jundiaí, Indaiatuba, Caieira e Bragança Paulista. O Sindicato reivindica um piso salarial nestes locais no valor de R$ 1.307.

Atrelado a maior remuneração, também busca garantir neste acordo uma fiscalização sindical da Valid na hora dela pagar os direitos dos demitidos. A homologação da rescisão contratual evita a sonegação dos direitos dos gráficos. O Sindicato continua sem cobrar nada da empresa pelo serviço, tampouco do trabalhador. No acordo, o Sindigráficos pleiteia outro direito dentro do acordo para evitar o prejuízo dos empregados com a perda do recebimento da hora-extra. A ação quer limitar o banco de hora individual. E, somente possa existir tal banco mediante negociação com o sindicato e decisão final dos trabalhadores através de votação individual e secreta.

Outro acordo também em negociação pelo Sindicato com a Valid em prol dos trabalhadores da empresa busca renovar a Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O bônus financeiro no valor de um salário nominal do gráfico. Pelos termos, se aprovado, o pagamento deve ser em março. O Sindigráficos não cobrará nada em troca dos trabalhadores. A entidade espera dos 100 gráficos lotados nos Poupas Tempo e Ciretrans somente a sindicalização de todos para fortalecerem o sindicato a continuar ativo.