SINDICATO SEGUE PARA EMPRESAS EM FRANCO DA ROCHA APÓS ENQUADRAR GRÁFICAS EM INDAIATUBA E DEFENDER GRÁFICOS

Após uma radiografia detalhada em empresas do setor em Indaiatuba, o Sindicato da região (Sindigraficos) inicia o mesmo trabalho em Franco da Rocha. O objetivo da ação é localizar e garantir que toda indústria gráfica do município reconheça as suas atividades econômicas como tais, como também os direitos dos trabalhadores enquanto de profissionais gráficos. Existe uma convenção coletiva de trabalho específica para a categoria. A primeira empresa de Franco a entrar no radar sindical é a G Flexo. Ela é de médio porte com uns 30 funcionários e atua com rótulo e embalagem. Esses segmentos são classificados tecnicamente como do ramo gráfico. A G Flexo fica na rua Fazenda Belém 104, Vila Santista, Franco da Rocha.

Como a G Flexo ainda não oficializou o enquadramento ao Sindigráficos, uma notificação técnica e extrajudicial será encaminha para a empresa. O documento apresenta as questões técnicas e legais para que a gráfica espontaneamente se enquadre sindicalmente como uma indústria gráfica, sem que haja nenhum ônus. A empresa inclusive tem um site onde aponta as suas atividades. Todas são restritamente do ramo gráfico, a exemplo da produção de embalagens flexíveis e de rótulos diversos, como BOPP para aplicação em Roll Label, rótulos manga, filmes laminados e flowpack.

Leandro Rodrigues, presidente do sindicato de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e região, alerta aos empresários de Franco da Rocha o que é a atividade gráfica. É toda aquela onde independente da técnica e tecnologia aplicada se imprima no papel, coura, metal, plástico ou qualquer outra superfície. As etapas produtivas anteriores e posteriores à impressão também são atividades gráficas, a exemplo da arte e do acabamento respectivamente.

Assim, embora o Sindigráficos ainda não consultou o CNPJ da G Flexo, mas como a empresa se apresenta comercialmente na área de impressão flexográfica e soluções em rótulos, trata-se de atividades essencialmente do ramo, devendo se enquadrar sindicalmente como do serviço proposto. “Estamos à disposição da gráfica para tirar qualquer dúvida e esperamos que o enquadramento transcorra espontaneamente logo após a entrega de nossa notificação técnica”, diz Leandro. Na oportunidade, o sindicato também buscará regularizar a situação dos trabalhadores relativa a seus direitos superiores à CLT, conforme determina a convenção da categoria.