SINDIGRÁFICOS CONFIRMA ADESÃO À GREVE GERAL NA SEXTA, CONVOCA CLASSE E CONFIRMA PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES

Nesta sexta feira (14), será um dia de luta. Dia de lutar pelo direito de se aposentar! Neste sentido, o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Gráficas de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo, região e em todas as cidades da base territorial (Sindigráficos) conclama o gráfico para que participe das paralizações e protestos que ocorrerão nestes municípios e todo Brasil. Haverá paralisações. Será o Dia da Greve Geral contra a destruição do direito da classe trabalhadora de se aposentar, um ataque proposto pela Reforma da Previdência de Bolsonaro. “Gráficos, lutem conosco agora ou depois morrerão trabalhando, se não estivem desempregos, e sem a aposentaria”, convoca Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos.

Toda a direção do Sindigráficos estará envolvida no conjunto das ações paredistas durante o dia, como assembleias, protestos, piquetes. Enfim, em todas mobilizações regionais contra esta reforma que na realidade é mais um golpe nos trabalhadores brasileiros. “Não se deixe enganar de novo. Já nos enrolaram antes e faz pouco tempo que passou a reforma trabalhista, defendida até por parte da classe trabalhadora. Prometeram que geraria empregos. E hoje vemos a verdade do grande desemprego. Hoje já é o maior desemprego da história do Brasil”, lembra Leandro.

Por tudo isso e bem mais, ainda insistem em destruir a aposentadoria do trabalhador com a reforma da Previdência. Contra isso, nesta sexta-feira (14), várias categorias decretaram que entrarão em greve neste dia. Nós do Sindigráficos não só apoiamos, como estaremos presentes nos atos durante todo o dia de protestos. E ratificamos o alerta e convite para que todos os gráficos da região se somem as atividades paredistas possíveis.

“Esclarecermos que a reforma da Previdência não combate privilégios. Isso não está em jogo. Mas ela desmontará todo o sistema de proteção social dos trabalhadores. Com isso, aprofundará ainda mais a miséria do povo brasileiro. A reforma é um plano ambicioso voltado para privilegiar os banqueiros. É verdade que privilégios tem que ser cortados, mas a aposentadoria da casse trabalhadora nunca foi privilégio. Mas e quem tem tal privilégio? São os juízes, governantes, deputados e senadores, entre outros cargos da esfera dos três poderes. Privilégio é ganhar autos salários, acumular aposentadorias e mordomias, como a exemplo das passagens aéreas ilimitadas, auxílios moradias, verba de gabinete, caviar e lagosta nas refeições”, diz Leandro e convoca todos para a luta.