Sindigráficos investe numa nova fase da comunicação sindical para fortalece ainda mais a categoria

jundiaIIII

A partir de hoje, uma nova experiência em comunicação sindical começa a fazer parte da vida da direção e da base do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Gráfica de Jundiaí (Sindigráficos). Uma comunicação sindical de forma orgânica e sistemática para traduzir o cotidiano da vida sindical em defesa do trabalho e da qualidade de vida do trabalhador. Ou seja, uma comunicação sindical nada mais é do que aquela construída quando se tem ação sindical para ser noticiada.

Com isso, a base sindical consegue visualizar o verdadeiro perfil do órgão de classe, pois basta observar as ações tomadas em prol da categoria, estimulando a maior participação de todos através de tal protagonismo. De forma prática, todos os dias haverá notícias de interesse da categoria nos veículos digitais de comunicação da entidade. As notícias abordarão as ações sindicais, trazendo reflexões, desafios, lutas e conquistas do Sindicato em prol dos trabalhadores gráficos nas empresas de 27 cidades que compõem a base representativa do STIG Jundiaí.

O Sindigráficos, que mantém um perfil combativo em defesa da categoria, e costuma marcar presença mensalmente nas portas das empresas, com o objetivo de orientar e conversar com os trabalhadores sobre os direitos, bem como fazer o enfrentamento com o patronal em defesa dos gráficos, decidiu agora ampliar a comunicação sindical praticada com a classe.

Nas segundas, quartas e sextas-feiras, haverá uma matéria jornalística sobre alguma ação sindical desenvolvida pelo Sindicato. Essas notícias serão sempre postadas, no início da manhã, no site do órgão (sindigraficos.org), e, no final da tarde, estarão disponíveis também na página do facebook (www.facebook.com/sindigraficosjundiai).

Já nas terças e quintas-feiras será replicado uma seleção de notícias não autorais no site e na página do facebook do sindicato. A iniciativa visa, sob a ótica da direção sindical, socializar informações importantes para os trabalhadores tomarem conhecimento sobre o cenário político e socioeconômico da Região de Jundiaí, do Estado, do País e do Mundo.

Além disso, haverá cadastramento de e-mails dos trabalhadores, sejam sindicalizados ou não, com o objetivo de envio automático de todas as notícias publicadas pelo sindicato, a fim de contribuir para ampliar a visão de mundo da categoria sobre os acontecimentos atuais, bem como para fomentar a consciência da classe trabalhadora.

“Sabemos que o ato comunicacional é indispensável para melhorar a vida das pessoas desde as primeiras horas do nascimento até o fim da vida”, diz Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. Ele ressalta que isso acontece porque só o ato comunicacional tem a capacidade de esclarecer as pessoas através delas mesmas por meio dessa interação social.

Porém, para atingir a maior integração e justiça social, a comunicação deve ser elaborada de modo a querer conscientizar os envolvidos neste processo, a fim de socializar sobre os verdadeiros fatos, sem distorções intencionais para alienação dos envolvidos, através ou da falta de informação, ou quando as notícias são construídas e divulgadas para buscar esvaziar de sentido os reais pontos cruciais de interesse social, desviando assim a atenção das pessoas sobre o assunto que deveria e merecia receber a maior atenção pública.

Por esta razão, além das ações sindicais em defesa da classe gráfica, o Sindigráficos entende que deve também fortalecer o eixo da comunicação sindical, pois, assim, contribuirá para alimentar a categoria com notícias que trilham o caminho justamente da promoção da justiça social, ao praticar uma comunicação de forma orgânica e sistemática para traduzir o cotidiano da vida sindical em defesa do trabalho e da qualidade vida do trabalhador.

O sindicato destaca que a organicidade dessa comunicação se dará através da visualização dos fluxos operacionais da vida sindical adotados em ações protetivas de interesse da classe, seja dentro da sede do órgão de classe, seja, sobretudo, pela extensão dessas ações junto aos trabalhadores nas empresas gráficas de 27 cidades que compõem a base representativa do órgão.

A sistematicidade da comunicação se dará através da padronização da definição das pautas voltada ao interesse do conjunto dos gráficos, a distribuição das notícias autorais e de terceiros por meio de veículos próprios de comunicação, e, por fim, acompanhando o desdobramento dessas notícias através do que elas estimulam dentro da própria categoria, demandando mais ações sindicais em prol da classe.