SINDIGRÁFICOS VOLTA AO CONGRESSO NACIONAL PARA PEDIR AOS POLÍTICOS PARA BARRAREM TERCEIRIZAÇÃO

audienciaaudiencia

Em abril, o Sindigráficos com outros sindicatos e centrais sindicais foram pedir aos deputados para barrarem o PL 4330 sobre a terceirização da atividade principal das empresas, mas foram recebidos com violência. Os políticos aprovaram o PL, permitindo subcontratar os funcionários, até os dos setores de pré-impressão, impressão e acabamento das gráficas. Apesar de ter sido recebido pela política no último mês, com bomba e muito gás, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas de Jundiaí e Região (Sindigráficos) volta ao Congresso Nacional, em Brasília, nesta quarta-feira (13). Dessa vez, o sindicato vai procurar os senadores, já que é a vez do Senado dizer a sua posição sobre o PL 4330. O Sindigráficos, que vai representando 220 mil gráficos brasileiros, pois representará a Confederação Nacional da categoria (CONATIG), entregará uma carta contra o PL da Terceirização.

O setor gráfico é contra o projeto de lei porque sabe que ela dará poder aos empresários para reduzir a sua folha de pagamento, com a exclusão de direitos trabalhistas das Convenções e Acordos de Trabalho, bem como diminuir o salário dos gráficos.

 
Já nesta quinta-feira (14), o presidente do Sindigráficos, Leandro Rodrigues, continuará em Brasília, para participar de Audiência Pública no Senado, a fim de debater sobre os problemas que a terceirização trará para os 6 mil gráficos da Região de Jundiaí, bem como aos 90 mil trabalhadores paulistas da categoria, e aos 220 mil gráficos do Brasil.

 

“Vamos defender a nossa categoria até o fim”, frisa Rodrigues. O dirigente garante que passar por todos os gabinetes dos senadores em Brasília, protocolando a posição da Conatig, da Federação Paulista dos Gráficos e do Sindigráficos, contrários ao Projeto da Terceirização.

 
A Comitiva dos sindicalistas gráficos será formada por Leandro Rodrigues), Jorge Fermino (Sindicato de Santos), Francisco Wirton (Sindicato de Guarulhos) e José Acácio (Sindicato de Joinville/SC). O presidente do Sindigráficos espera receber a atenção dos senadores, diferente com os deputados em abril, que não permitiram ninguém entrar na Câmara.

 
Já amanhã (14), a comitiva de sindicalistas gráficos participará da Audiência Pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado, para discutir sobre a terceirização e seus efeitos na vida e nos direitos dos trabalhadores. O encontro, que será presidido pelo senador Paulo Paim (PT-RS), terá a presenta de representantes de várias confederações de trabalhadores de diversas categorias profissionais do Brasil.
Rodrigues orienta os trabalhadores para ficarem acompanhando de perto as notícias sobre o PL da Terceirização, a fim de ser manterem informados e preparados para reagir quando for necessário. Na verdade, cada gráfico da região de Jundiaí, e do Estado de São Paulo , já deve começar a agir.

 
A primeira missão é mandar um e-mail para os senadores paulistas, pedindo que barrem o PL 4330. O e-mail da senadora Marta Suplicy é o marta.suplicy@senadora.leg.br. Já o e-mail do senador José Serra é o jose.serra@senador.leg.br e o do Aloysio Nunes é o aloysionunes.ferreira@senador.leg.br.
Outra participação importante dos trabalhadores é votar na enquete em que o Senado está fazendo para saber a opinião da população sobre o PL da Terceirização. Clique no site (http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaotexto…) e diga se é a favor ou contra o Projeto 4330.