Category Archives: Notícias

GRÁFICOS TÊM LIBERAÇÃO PARA ASSISTIR JOGOS DO BRASIL SEM COMPENSAÇÃO DE HORAS APÓS OU DESCONTO SALARIAL

Nesta sexta-feira (22), às 9h, os gráficos da SR Soluções, em Valinhos, estão liberados do trabalho para assistirem o jogo da Seleção Brasileira de Futebol e não precisarão compensar as horas depois. Ao invés deles chegarem ao trabalho às 7h e largarem às 17h, só iniciarão ao meio dia e sairão no horário normal. O mesmo benefício da redução de jornada para acompanhar os jogos do Brasil se repetirão na próxima quarta-feira (27). Ao invés de trabalharem todo o expediente, largam antes, às 14h, uma hora antes do começo do jogo contra a seleção da Sérvia. Poucos gráficos sabem, mas o direito resulta de outro benefício contido na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, e sobretudo da ação do sindicato da classe (Sindigráficos) exigindo seu devido cumprimento.

“Os gráficos da SR foram beneficiados com o direito convencionado que garante ou o pagamento de hora-extra ou a liberação do trabalho sem a redução salarial. Este direito é garantido nas gráficas onde compensam-se horas durante os dias de semana para evitar o trabalho aos sábados. Porém, se a compensação for mantida quando o sábado for um feriado, como no sábado 21 de abril (Dia de Tiradentes), a empresa é obrigada a pagar 7h20 de hora-extra ou um dia sem trabalho, sendo obrigatória a concessão da folga um dia antes ou após outro feriado (feriado-ponte).

Em função deste direito, os gráficos da SR estão sendo beneficiados agora com a redução da jornada durante dois dias dos jogos do Brasil, mas poderiam ter optado pela garantia do feriado-ponte ou o pagamento da hora-extra, conforme definido pela convenção coletiva de trabalho. “A proposta de reduzir a jornada nestes dias de jogos, totalizando as horas-extras trabalhadas a mais nos dias da semana do feriado de Tiradentes, foi proposta pela empresa e aceita pelos trabalhadores”, conta Jurandir Franco, diretor do Sindigráficos, que acompanhou o caso desde o início.

O Sindigráficos acredita que existem gráficos de outras empresas que podem ser contemplados com o mesmo benefício, pois deve ter havido mais gráficas que obrigaram seus trabalhadores a compensarem horas nos dias da semana do feriado do Tiradentes, sem qualquer legalidade.

“Os gráficos da SR Soluções só tiveram agora a dispensa de 8 horas de serviço para assistirem os dois jogos do Brasil, sem a necessidade de compensarem depois ou a redução salarial, por conta a atuação sindical através da negociação com o patronal com base na nossa convenção”, pontua Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. Se não fosse a ação sindical nada disso seria possível. Portanto, é hora dos gráficos da SR, bem como toda a categoria se sindicalizar e fortalecer o sindicato para continuar defendendo os interesses da classe. Sindicalize-se JÁ!

DEPUTADOS ALIADOS DE TEMER APROVARAM ONTEM UMA LEI PARA ENTREGAR 70% DO PRÉ-SAL PARA ESTRANGEIROS

Nesta quarta-feira (20), embora a Federação Única dos Petroleiros (FUP) tentou impedir o novo saque contra a Petrobras e o Estado brasileiro, os deputados federais governistas, aliados de Temer, aprovaram o projeto (PL 8.939/17) que permite à estatal entregar até 70% de suas reservas do pré-sal (cessão onerosa) para as multinacionais. Ou seja, a Petrobras perdeu o seu direito de explorar 5 bilhões de baris em território brasileiro. Nenhum país, seja de direita ou esquerda, fez isso na história do mundo, porque nenhum país quer ficar mais pobre. 

Com 217 votos a favor e 57 contra, além de quatro abstenções, os deputados aprovaram substitutivo de Fernando Coelho Filho (DEM-PE).  Autor da proposta de lei original, José Carlos Aleluia (DEM-BA) comemorou o resultado.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) também aponta prejuízos aos país. “Enquanto o povo está às voltas com a Copa do Mundo, os mesmos parlamentares que orquestraram o impeachment da presidente Dilma Rousseff e que flexibilizaram a Lei de Partilha para tirar da Petrobras a função de operadora exclusiva do pré-sal agora voltam a atacar a soberania nacional com mais este assalto ao patrimônio público”, afirma a entidade.

FONTE: Com informações do BRASIL DE FATO E DIAP e ilustração da Bohn

GRÁFICAS DARTHY, OCEANO, REDOMA, H ROSA, BERCRON, LOG&PRINT E VÁRIOS OUTRAS PODEM AMPLIAR OS EMPREGOS

Apesar da redução nos últimos anos da produção do mercado editorial dentro do Brasil frente à digitalização de revistas e à impressão do livro didático brasileiro fora do país, o referido setor gráfico nacional continua bastante ativo. Em Jundiaí e região, por exemplo, há grandes empresas que mantêm bastantes profissionais, como em Cajamar que possuem as gráficas Darthy, Oceano, Redoma e HRosa, e a Bercron em Valinhos. A gigante Log&Print, em Vinhedo, tem 500 profissionais. E só não tem mais, como já chegou a ter 800, devido a drástica redução da tiragem de grandes revistas. Mas as gráficas do mercado editorial continuam tendo grande produção diante da demanda da impressão dos livros didáticos. Contudo, tem crescido a impressão desses livros fora do país, retirando os empregos dos gráficos brasileiros. Porém, esta situação pode estar com os dias contados e os postos de trabalho mantidos e ampliados por conta do Projeto de Lei (PL do Livro), elaborado dentro do Sindicato dos gráficos de Jundiaí e região (Sindigráficos) pelo deputado Vicentinho. Só falta a votação na quarta e última Comissão na Câmara dos Deputados.

Nos próximos dias, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara vai votar, conforme informou Vicentinho para o presidente do Sindigráficos, Leandro Rodrigues. A chance de aprovação é grande diante do parecer favorável da deputada relatora Maria do Rosário, também do PT igual ao deputado Vicentinho, autor do PL do Livro. Este projeto visa justamente fazer com que a impressão dos livros didáticos brasileiros só possam ser impressos dentro das gráficas no Brasil. O governo federal é o maior cliente do mercado editorial gráfico através do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Com o PL aprovado, estes livros só poderão ser impressos nas indústrias gráficas brasileiras dentro do território nacional.  Com isso, milhares de empregos serão mantidos e outros ampliados.

O Sindigráficos continua monitorando o trâmite do PL do Livro. E deve ir até a Câmara Federal acompanhar a votação na última Comissão desta casa legislativa. Se aprovada, o processo ocorre em caráter terminativo. Com isso, não precisa da votação no plenário, mas seguirá diretamente para a análise do Senado. “O processo na casa revisora deve ser mais rápido e, conforme a avaliação de Vicentinho, tem grande oportunidade de ser aprovada pela maioria dos atuais senadores”, adianta Rodrigues.

Em caso da previsão sobre a aprovação e da brevidade se confirmar, Rodrigues adianta que os benefícios do PL do Livro já serão sentidos nos próximos meses. Historicamente, o mercado gráfico editorial aquece no 2º semestre por conta dos serviços do Programa Nacional do Livro Didático. Portanto, já agora em 2018, esses livros podem ser impressos somente nas gráficas brasileiras dentro do Brasil, mantendo e gerando milhares de empregos. O Sindicato agradece a atenção de Vicentinho.

SINDIGRÁFICOS CONVOCA CLASSE PARA ASSEMBLEIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS NESTA TERÇA ÀS 18H EM JUNDIAÍ

Hoje, às 18h, na sede regional do Sindigráficos em Jundiaí, conforme o edital de convocação publicado no Jornal Agora, no dia 8 de junho, na página B6,  será realizada a assembleia de prestações de contas da entidade da categoria gráfica na região. “Convocamos a todos que compareçam. O sindicato sempre prioriza por sua transparência, e em especial sobre as suas finanças. E é importante que a categoria venha para saber onde o seu dinheiro está sendo investido no fortalecimento da classe e na defesa dos direitos dos trabalhadores”, convoca Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos.