GRÁFICOS TÊM LIBERAÇÃO PARA ASSISTIR JOGOS DO BRASIL SEM COMPENSAÇÃO DE HORAS APÓS OU DESCONTO SALARIAL

Nesta sexta-feira (22), às 9h, os gráficos da SR Soluções, em Valinhos, estão liberados do trabalho para assistirem o jogo da Seleção Brasileira de Futebol e não precisarão compensar as horas depois. Ao invés deles chegarem ao trabalho às 7h e largarem às 17h, só iniciarão ao meio dia e sairão no horário normal. O mesmo benefício da redução de jornada para acompanhar os jogos do Brasil se repetirão na próxima quarta-feira (27). Ao invés de trabalharem todo o expediente, largam antes, às 14h, uma hora antes do começo do jogo contra a seleção da Sérvia. Poucos gráficos sabem, mas o direito resulta de outro benefício contido na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, e sobretudo da ação do sindicato da classe (Sindigráficos) exigindo seu devido cumprimento.

“Os gráficos da SR foram beneficiados com o direito convencionado que garante ou o pagamento de hora-extra ou a liberação do trabalho sem a redução salarial. Este direito é garantido nas gráficas onde compensam-se horas durante os dias de semana para evitar o trabalho aos sábados. Porém, se a compensação for mantida quando o sábado for um feriado, como no sábado 21 de abril (Dia de Tiradentes), a empresa é obrigada a pagar 7h20 de hora-extra ou um dia sem trabalho, sendo obrigatória a concessão da folga um dia antes ou após outro feriado (feriado-ponte).

Em função deste direito, os gráficos da SR estão sendo beneficiados agora com a redução da jornada durante dois dias dos jogos do Brasil, mas poderiam ter optado pela garantia do feriado-ponte ou o pagamento da hora-extra, conforme definido pela convenção coletiva de trabalho. “A proposta de reduzir a jornada nestes dias de jogos, totalizando as horas-extras trabalhadas a mais nos dias da semana do feriado de Tiradentes, foi proposta pela empresa e aceita pelos trabalhadores”, conta Jurandir Franco, diretor do Sindigráficos, que acompanhou o caso desde o início.

O Sindigráficos acredita que existem gráficos de outras empresas que podem ser contemplados com o mesmo benefício, pois deve ter havido mais gráficas que obrigaram seus trabalhadores a compensarem horas nos dias da semana do feriado do Tiradentes, sem qualquer legalidade.

“Os gráficos da SR Soluções só tiveram agora a dispensa de 8 horas de serviço para assistirem os dois jogos do Brasil, sem a necessidade de compensarem depois ou a redução salarial, por conta a atuação sindical através da negociação com o patronal com base na nossa convenção”, pontua Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. Se não fosse a ação sindical nada disso seria possível. Portanto, é hora dos gráficos da SR, bem como toda a categoria se sindicalizar e fortalecer o sindicato para continuar defendendo os interesses da classe. Sindicalize-se JÁ!