TEMER PERMITE NOVO AUMENTO HOJE DO GÁS DE COZINHA MESMO COM O POVO SE QUEIMANDO POR NÃO PODER MAIS COMPRÁ-LO

Dentro de sua política de reajuste permanente do gás de cozinha, a Petrobras vai aumentar, a partir de hoje (5), o botijão de 13 kg em 4,4%. Com isso, o preço para o consumidor final ficará ainda mais salgado. E o governo Temer e seus partidos aliados permitem tal absurdo mesmo com esse aumento representando um problema de saúde pública para a população, pois, como todas já sabem, sem dinheiro para comprar o gás de cozinha, muitos recorrem ao álcool e sofrem queimaduras graves. Na eleição de outubro é importante o povo dar a resposta a esse governo e todos os partidos/políticos que apoiam esta situação contra a população.

“A maior parte dos acidentes acontece quando o fogo está apagando e a pessoa vai alimentar o fogareiro com álcool. No lugar de colocar uma pequena porção, alimenta com a própria garrafa de álcool. A chama do álcool é transparente, as pessoas têm a impressão que já apagou, mas o fogo entra na garrafa e então há explosão”, descreve o médico João Neto.

Na maioria dos casos, as queimaduras decorrentes desses acidentes são de 2º e 3º graus. Isso porque é fácil que haja uma explosão, o que potencializa as lesões. Resultado do processo que se chama combustão, quando o oxigênio que está no ar entra em contato com o fogo e o combustível inflamável. “A queimadura com álcool hoje é de 2º grau e amanhã é de 3º grau, porque continua queimando no corpo. É energia cinética, e como a pele está muito quente, continua a queimar”, explica o especialista.

Com informações do G1, O POVO e BRASIL DE FATO