SOLIDÁRIO AOS GRÁFICOS DA LOG&PRINT, SINDICATO CONVIDA TODOS PARA REUNIÃO PELA VOLTA DAS CONDIÇÕES LABORAIS

Embora a Log&Print tenha passado por mudanças internas, prometendo a manutenção da atividade produtiva e o emprego, o que ocorreram, a gráfica continua sendo Log&Print, inclusive opera no mesmo parque industrial em Vinhedo. Por outro lado, tenta esquecer de que é a mesma empresa no tocante aos benefícios e condições laborais dos funcionários, negociados ao longo do tempo sob a liderança do sindicato da classe, consolidando diversas obrigações nos contratos de trabalho dos profissionais do local, como a cesta básica superior aos demais gráficos da região, o desconto menor no vale-transporte, as folgas em sábados do mês e um ambiente de trabalho saudável e sem pressão para o serviço extra no dia de folgas.

A nova gestão da Log&Print tem insistido no rompimento unilateral dessas condições. O Sindigráficos reforça a necessidade da reconsideração por parte da empresa e a negociação dos prazos para a retomada de direitos. Contudo, como a empresa mostra-se irredutível, o Sindicato, por sua vez, continua solidário aos trabalhadores e a fim de tentar mudar o quadro de mudança radical, para pior, das condições de trabalho e benefícios na mesma empresa, convocará todos os trabalhadores, associados e os que ainda não são filiados, para uma reunião onde decidirão o rumo do caso.

O encontro será na quarta-feira da próxima semana, no dia 20, em dois horários, no Sindicato dos Químicos, na rua Ricardo Braghetto. 35, no centro de Vinhedo. A primeira reunião será às 9h voltada para os gráficos do 2º e 3 turnos. Às 15h, será realizada para os trabalhadores do 1º turno. “Não pode ficar como está. É preciso encontrarmos a solução. Temos de apresentar uma alternativa já que esta direção da Log&Print não negocia nada”, pontua Leandro Rodrigues, presidente do Sindicato da categoria.

“O gráfico precisa ter um ambiente saudável para trabalhar. Isso também depende de uma chefia com esse compromisso. Sempre defenderemos a manutenção do emprego, mas não é por isso que pode ser todo tipo de trabalho. É necessário ter a preocupação com a saúde e a integridade física de cada profissional no local, bem como um salário justo, a garantia dos benefícios existentes e que o empregado tenha perspectiva de futuro, ou seja, que haja promoções salariais e nos cargos e funções”, fala Luis Carlos Laurindo, advogado do Sindigráficos que acompanha este caso.

Por tudo isso, o Sindicato está convocando todos os gráficos do local para se posicionarem em busca da solução para o impasse. “Continuaremos abertos para negociar com a Log&Print, inclusive os prazos da retomada das condições de trabalho e direitos já existentes nos contratos do gráfico.