Tag Archives: OAB

Roque toma posse na gerência regional do Trabalho e Emprego

 DSC_0062

Nesta quinta-feira, dia 29, o ex-auditor fiscal Roque de Camargo Junior, 47 anos, foi empossado oficialmente pelo Superintendente Regional do Trabalho e Emprego, Luiz Antônio de Medeiros, como o novo Gerente Regional do Trabalho e Emprego de Jundiaí e Região. A cerimônia ocorreu na Associação dos Aposentados e Pensionistas e contou com a presença de representantes do movimento sindical, patronal, Ministério Público, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Câmara dos Vereadores e do prefeito e vice-prefeito de Jundiaí, Pedro Bigardi e Durval Orlato, respectivamente, além da sociedade civil.

O nome de Roque como o novo gerente regional do trabalho e emprego de Jundiaí e região foi uma indicação unânime do movimento sindical da cidade, porém conforme o diretor estadual da CUT, Vitor Machado, declarou “não foi o movimento sindical que o colocou no cargo, mas sim a capacidade e competência dele para assumir”. Medeiros elogiou a união dos sindicatos de Jundiaí, mas fez um alerta ao novo gerente que o apoio unânime na cidade lhe dá mais estrutura, porém aumenta a responsabilidade do cargo. “As pessoas vão cobrar mais”, disse.

Roque se emocionou no momento do discurso e fez questão de avisar que o cargo não é dele, mas sim do Ministério do Trabalho, e principalmente pertence a sociedade e o trabalhador. “Durante a fase de transição do cargo, fiquei feliz pela indicação de meu nome pelos movimentos sindicais e principalmente pela aceitação de meus colegas e do superintendente”, declarou.

O desafio para o novo delegado regional do trabalho não será das mais fáceis, como lembrou o Procurador do Trabalho, Eduardo Luís Amgarten. “A dificuldade de gerenciar uma regional como a de Jundiaí é enorme, pois a cidade conta com uma quantidade de indústrias enorme e um comércio muito forte, mas colocamos a disposição o Ministério Público para ajudar nessa difícil tarefa”, afirmou.

Pedro Bigardi e Gerson Sartori também colocaram a Prefeitura de Jundiaí e a Câmara, respectivamente, para atender a classe trabalhadora. “Na próxima semana já vamos nos reunir com o Ministério do Trabalho para planejar ações que beneficie o trabalhador”, disse Bigardi.

Roque reconheceu que atualmente o Ministério do Trabalho tem problemas para atender a demanda do trabalhador, principalmente a falta de auditores fiscais para a região, porém afirmou que os problemas podem ser resolvidos com planejamento e inteligência. “Precisamos renovar as esperanças de que o Ministério do Trabalho possa sim cumprir com seus objetivos”, destacou. Porém Medeiros sinalizou que concursos públicos devem ser abertos nos próximos meses para preenchimento de vagas na instituição.

Assista ao vídeo de posse:

Fórum discute o desafio do trabalhador

Mesa

O vereador Paulo Malerba recebeu o assessor especial da Presidência da CUT, Gilmar Carneiro e o juiz Jorge Luiz Souto Maior

Na noite do dia 27 de março, o companheiro Paulo Malerba (PT), vereador de Jundiaí, organizou a primeira edição do Fórum do Trabalho, realizado na Câmara Municipal. A iniciativa contou com o apoio da subsede da CUT, Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Servidores e Sindicato dos Gráficos, que esteve representada pelo presidente Leandro Rodrigues e o diretor Jurandir.

A primeira edição do evento contou com a participação do juiz titular da 3ª Vara do Trabalho de Jundiaí, Jorge Luiz Souto Maior, e o assessor especial da Presidência da CUT, Gilmar Carneiro, que representou o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas. Ambos compuseram a mesa ao lado do vereador Paulo Malerba e discutiram, entre outros assuntos, sobre o “desafio do trabalhador”, como a falência do atual modelo econômico sistema falido e segregador, a exemplo do que está acontecendo com os trabalhadores do EUA e também na Europa, com países como a Grécia e Espanha.

Outro tema importante abordado foi à questão da terceirização e o famigerado banco de horas, que na opinião dos debatedores é um grande mal para a classe trabalhadora.

Além da sociedade civil, o plenário da Câmara contou com a presença de presidentes e diretores de diversas outras entidades, como a OAB, Sindicato dos Químicos, Servidores Públicos de Bragança Paulista, Sindicato dos Engenheiros e AFUSE. Os diretores de Desenvolvimento Econômico, Gilson Pichioli e de Assuntos Fundiários, Sérgio Dutra, também estiveram presentes.

O anfitrião Paulo Malerba declarou que este Fórum do Trabalho é um evento que ele pretende organizar bimestralmente na cidade. Segundo o vereador, o Fórum servirá como um espaço para discussão de temas ligados ao trabalhador e também de formação de propostas de lei. “Nosso objetivo é formar um fórum permanente”, diz.

O convidado Gilmar Carneiro, que foi secretário geral da CUT nacional, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo e um dos fundadores do PT, destacou o evento como um “espaço para estimular as ideias” e “melhorar as condições de vida do trabalhador”.

O juiz Souto Maior destacou as alternativas onde o trabalhador pode procurar seus direitos em Jundiaí, como o Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério Público do Trabalho, além dos Sindicatos de cada categoria. “É importante trazer o poder público para discutir temas relacionados ao trabalhador”, afirma o juiz.