TAXA DE DESEMPREGO DISPARA E ATINGE SUA MAIOR MARCA HISTÓRICA

As taxas de desemprego (14,4%) e de subutilização (30,6%) disparam e atingem 47,1 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em todo o país, no trimestre de junho a agosto deste ano. Desde que foi iniciada em 2012, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), não tinha registrado esta maior marca histórica. O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira ( 30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.  LEIA MAIS

FONTE: Com informações da CUT