Trabalhadores aprovam a Pauta de Reivindicações

DSC_0022

Os trabalhadores gráficos aprovaram a Pauta de Reivindicações no último domingo, dia 27 de julho, durante a assembleia realizada na sede do Sindicato em Jundiaí. Neste ano a campanha será unificada com a FTIGESP (Federação dos Trabalhadores da Indústria Gráfica, da Comunicação Gráfica e dos Serviços Gráficos do Estado de São Paulo), reforçando as negociações com o setor patronal.
A Assembleia de Aprovação da Pauta de Reivindicações contou com a presença de trabalhadores gráficos de diversas cidades, além dos diretores do Sindicato e o presidente da FTIGESP, Leonardo Del Roy, que explicou que a pauta aprovada é o primeiro passo para o início das negociações com o setor patronal.
O presidente do Sindicato, Leandro Rodrigues da Silva, deixou claro que o sucesso na mesa de negociações depende do trabalho de mobilização nas bases, ou seja, nas portas de fábrica. “Se os trabalhadores estiverem unidos e participarem da campanha com muita luta e mobilização, a pressão surtirá efeito positivo na mesa de negociação”, afirmou.
As negociações com a SINDIGRAF (Sindicato Patronal) estão previstas para iniciar em setembro e o Sindicato irá informar os trabalhadores sobre as mobilizações com materiais informativos que serão entregues nas portas de fábricas, além de informações pelo site e Facebook.

PRINCIPAIS CLÁUSULAS DE MELHORIAS DA PAUTA
– INFLAÇÃO: 100% de reposição;
– AUMENTO REAL: 6%;
– HORAS EXTRAS: 100% dias normais e 130% aos domingos e feriados;
– PLR: Aumento na tabela conforme reposição;
– CESTA BÁSICA: Melhorias em geral;
– APOSENTADORIA: Com dois anos garantia de emprego e salário;
– FÉRIAS: Garantia de emprego por 60 dias, com multa de um salário nominal em caso de demissão;

CLÁUSULAS NOVAS:
– Promoções com aumento salarial;
– Jornada de trabalho para 40 horas semanais;
– Dia do Gráfico (7 de Fevereiro);
– Garantia de trabalho ao empregado acidentado com sequelas e readaptação;
– Auxílio alimentação;
– Estabilidade provisória de 90 dias da data base.