TRANSPARENTE E DEMOCRÁTICO, SINDIGRÁFICOS CONVIDA OS SÓCIOS PARA DECIDIREM COMO USAREM RECURSOS EM DEFESA DA CATEGORIA

Na próxima terça-feira (1º), todos os gráficos sindicalizados de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e Região têm uma missão importante para a democracia operária e transparência sindical – princípio mor defendido pelo sindicato da classe (Sindigráficos). A entidade os convida para discutirem junto com a direção sindical para onde devem ser investidos os recursos financeiros arrecadados dos próprios trabalhadores para a manutenção da entidade em defesa do salário, direitos e condições de trabalho da categoria. Logo, é crucial que a classe participe da assembleia de proposta orçamentária, que será realizada às 18h, na sede regional do Sindigráficos em Jundiaí.

“Além de ser uma obrigação estatutária, é um dever moral nosso estimular este tipo de atividade para o fortalecimento da democracia operária. Para tanto, o trabalhador precisa definir e saber para onde vai o dinheiro que ele destina e confia ao sindicato. Também precisa conferir se tudo está sendo aplicado corretamente. Por isso sempre fazemos no final de cada ano uma assembleia com os sindicalizados para definirmos como devem ser aplicados os recursos para manter nossa luta firme e forte. E no meio do ano, fazermos outra assembleia de prestação de contas. Participem!”, ressalta o presidente do Sindigráficos, Leandro Rodrigues.

Portanto, apesar da queda na arrecadação em consequência da nova lei trabalhista de 2017, afetando o sindicato e a sua abrangência de atuação, pois precisou se reestruturar diante das possibilidades, a luta continua em defesa dos gráficos, sendo indispensável o fortalecimento da democracia operária de modo a ampliar a unidade e participação maior da categoria.

“Desse modo, não se trata apenas de ver para onde está sendo destinado o seu dinheiro investido no sindicato, mas também projetar as principais atividades do Sindigráficos que serão mantidas no próximo ano por meio do recurso que se têm”, diz Jurandir Franco, diretor sindical. A democracia operária passa, portanto, pela consciência e pelo deve dos trabalhadores de participarem da assembleia de previsão orçamentária através de suas ideias e soluções para manterem o sindicato firme e forte para defender os interesses da categoria em Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e toda a região.