TRANSPORTE MANTIDO E COM CESTA BÁSICA 30% MAIOR E MAIS UM ADIANTAMENTO DO REAJUSTE SALARIAL

1

O efeito com o parcelamento do reajuste salarial dos gráficos paulistas, conforme definiu a nova convenção coletiva de trabalho da categoria no Estado, será sentido um pouco menos pelos gráficos da Nova Página, em Cajamar. Os trabalhadores, que chegaram a participar de uma das assembleias da campanha salarial, puxada pelo sindicato da classe em Jundiaí e Região (Sindigráficos), tiveram confirmado o adiantamento da 2ª parte do aumento. Ao invés de em março/17 receberam 3,33% sobre o salário recém reajustado em 5% com a 1ª parcela desde novembro, como definiu a Convenção, receberão o restante em fevereiro/2017. A antecipação só não foi maior porque houve a negociação com a garantia e reajuste de relevantes direitos, a exemplo do transporte e alimentação.

3“Juntos sempre somos mais forte. Unidos, conquistamos a antecipação de parte do reajuste salarial de março para fevereiro de 2017. É um mês a menos de defasagem sobre a remuneração”, fala Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos Jundiaí. Além deste adiantamento, houve o reajuste significativo do benefício da cesta básica. Terá um reajuste de quase 30%. O valor do vale alimentação subiu de R$ 85 para R$ 110. O aumento era uma das reivindicações dos trabalhadores e do sindicato.  Com unidade e participação da categoria a coisa sempre pode avançar.

2A participação dos trabalhadores junto do Sindigráficos, de fato, pode e fez toda a diferença em relação à manutenção do ônibus fretado pelo Nova Página para transportar parte dos funcionários. A empresa já havia oficializado o fim do serviço, o que traria grande prejuízo aos gráficos. O sindicato entrou em ação e evitou o mal. “Os funcionários teriam de sair bem mais cedo de casa se tivesse que usar o ônibus público. Há relatos de que gastariam até 1,5h adicional, frente à distância e à precariedade do sistema público de transporte”, revela Marcelo Souza, diretor sindical.