Vitória dos trabalhadores da Gráfica Acrescente

Acrescente_Greve9

Após oito horas de paralisação, chegou ao fim a greve na Gráfica Acrescente. Os trabalhadores voltaram aos seus postos após a empresa se comprometer em regularizar imediatamente o pagamento do vale e em não atrasar mais os salários, adiantamentos, além de quitar os valores referentes às multas por atraso de pagamentos.

Também ficou acordado que os trabalhadores não sofreram desconto pelas horas não trabalhadas durante o movimento paredista.

“Se a empresa não cumprir com o acordo, os trabalhadores entrarão em paralisação novamente, razão pela qual já fica a empresa notificada nesta data conforme lei 7783/89”, afirma Leandro Rodrigues da Silva, presidente do Sindicato.

A ação hoje na gráfica localizada nas margens da Rodovia Hermenegildo Tonoli contou com o apoio dos companheiros Vitor Machado, diretor estadual da CUT-SP, Wilson Borracha, do Sindicato dos Servidores Públicos de Itupeva, João Bastista, secretário de Desenvolvimento Social de Itupeva, do prefeito Ricardo Bocalon, que cedeu a estrutura para nosso movimento, além do presidente da Câmara, Edicarlos Candiani, que abriu as portas da Câmara para que os trabalhadores pudessem comer o almoço financiado pelo Sindicato.

Veja nossas conquistas:

MULTAS: A empresa pagará hoje, dia 23, a quantia de R$ 185,13 e o restante, perfazendo o valor de R$ 370,26, será pago até o prazo máximo de 20 de junho.

FGTS: A empresa se comprometeu em quitar as pendências num prazo de dez dias, por meio de um parcelamento junto à Caixa Econômica Federal.

JORNADA DE TRABALHO: A empresa se comprometeu em regularizar até o dia 16 de junho.