Category Archives: Notícias

SINDICATO CONVOCA GRÁFICOS PARA TER ESPERANÇA E VOLTAR A VENCER O MEDO A PARTIR DESTE ANO

Esperança não é esperar o milagre, mas fazer algo para que sua vida  melhore. 2022 pode e deve melhorar se cada trabalhador fizer a sua parte ao longo deste ano. O Sindigráficos entende que o emprego e os direitos trabalhistas podem voltar como na década passada, quando havia pleno emprego e valorização do salário. Porém, tudo dependerá apenas do voto da classe trabalhadora nas eleições de outubro. O ex-presidente Lula, se ganhar, já falou que buscará os deputados e senadores eleitos para revogar a lei federal de Temer que destruiu mais de 100 direitos do trabalho através da falsa desculpa de que geraria mais empregos. O fato é que aumentou desemprego e quem manteve seu trabalho perdeu vários direitos e teve rebaixamento salarial.

“A reforma trabalhista de Temer, apoiada e ampliada por Bolsonaro, não gerou empregos, somente arrancou direitos dos empregados! Os patrões estão deitando e rolando em cima de nós, por isso ela tem que ser cancelada! Digo o mesmo para a  Reforma da Previdência do governo de plantão, pois não gerou crescimento econômico conforme o prometido e muito menos empregos,  somente acabou com nosso direito de aposentar com dignidade”, fala Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos.

Enquanto o povo passa fome, o sindicalista destaca que Bolsonaro, Temer, os grandes empresários e a grande mídia estão mais ricos,  por isso defendem estas reformas. Se as reformas fossem tão boas, completa Leandro, teriam incluído os políticos, militares e juízes. “Lula está certo:  tem que revogar mesmo. Igual fez o presidente da Espanha neste ano”, destaca o Sindigráficos. 

Mas para que isso aconteça é preciso que cada trabalhador(a) pare de acreditar nestas reformas neoliberais em favor dos ricos e contra aqueles(as) que dependem unicamente da sua força de trabalho para poder pagar os boletos e viver com o mínimo de dignidade. “Portanto, pela volta do emprego com direitos e valorização salarial nas indústrias gráficas e demais postos de trabalho na cidade e no campo, está na hora de Lula voltar a presidir o Brasil. Vote e a esperança pode voltar a vencer o medo outra vez”, orienta Leandro.

POR UM BRASIL FELIZ DE NOVO

Boas Festas e 2022 de Esperanças

O Sindigráficos deseja e lutou antes e depois da campanha salarial deste ano para que neste Natal os gráficos e a sua família tenham a comida no prato através da recuperação de uma parte do seu poder de compra com a conquista da recomposição da sua massa salarial diante da alta inflação de dois dígitos de volta no Brasil. Que 2022, a começar com mais um reajuste de 5,08% na renda de todos os gráficos em janeiro, além da volta do pagamento de duas parcelas de PLR, cesta básica maior e mais direitos conquistados pela luta do sindicato, seja um ano melhor e de esperanças.

2022 pode ser um ano de grandes mudanças para que toda a classe trabalhadora possa ser feliz de novo. Só precisa de todos nós unificados e conscientes de nosso papel social, em especial na eleição presidencial e para o Congresso Nacional. Para o Brasil ser feliz de novo, com menos ódio, cada um é importante neste processo. Assim, pode voltar a ser um ano com mais emprego, direitos e condições de trabalho e maiores salários. JUNTOS SOMOS FORTES!


Boas Festas e Feliz Ano Novo!!!

São votos da Diretoria, funcionários e assessores do Sindigráficos Jundiaí

SINDIGRÁFICOS FECHA AMANHÃ, MAS REABRE SEGUNDA-FEIRA EM REGIME DE PLANTÃO DE FINAL DE ANO

O Sindigráficos estará funcionando em regime de plantão de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, neste período de festividades e início de 2022. A entidade só vai parar na véspera de Natal e Réveillon. Portanto, amanhã e sexta-feira.da próxima semana estará fechado. Nos demais dia da semana, funciona no horário informado. “Estamos às ordens. Faça valer seu direito. Denuncie qualquer irregularidade”, fala Leandro Rodrigues, presidente do Sindicato LEIA MAIS

GRÁFICOS TERÃO DESAFIOS AINDA MAIORES QUE 2021, MAS JUNTOS PODEM SUPERÁ-LOS ATRAVÉS DE ORGANIZAÇÃO E CONSCIÊNCIA DE CLASSE

Apesar que os gráficos vão iniciar 2022 com mais 5,08% de aumento nos salários, o que corresponde a 2° parcela do reajuste conquistado pelo sindicato este ano, a inflação continua subindo e passa dos 10,42%, provocando a queda no poder de compra. Isso quer dizer que um dos desafios centrais da categoria será elevar a organização sindical para evitar que falte comida no prato da família no próximo ano, quando também haverá eleições. Portanto, outro desafio maior será votar em que pode voltar a controlar a inflação, mas que queira gerar empregos e valorizar os direitos e salários dos trabalhadores.

“Será um ano mais difícil que o atual. E para superarmos tantos desafios de modo a terminá-lo melhor do que iniciaremos, cada trabalhador e os sindicatos serão vitais no processo”, fala Leandro Rodrigues, presidente do Sindigráficos. O dirigente orienta os gráficos a perceberem que não restará saída para uma nova recuperação salarial e manutenção dos direitos sem a unidade e organização dentro de um sindicato fortalecido pelo maior número de gráficos.

Os sindicalistas também precisam sair das suas sedes e irem até aos trabalhadores. O Sindigráficos, que apostou nisso na campanha salarial em 2021, mesmo na pandemia, vai manter e ampliar o trabalho de base em 2022. “Superar os desafios é uma tarefa de todos, gráficos da base e da direção sindical. Mas, o Sindicato precisa estar na base e o trabalhador deve fortalecer a entidade se associando e participando ativamente, não só criticando.

Outro desafio maior, para base e direção, é não vacilar de novo na escolha do presidente do Brasil e de todos os congressistas. Primeiro, precisa aceitar que votar em patrões e em religiosos não melhorou o Brasil para os trabalhadores, pelo contrário. “Consciência na hora do voto. Não vacile de novo. Sua vida, emprego, renda e comida no prato dependem do seu voto e da maioria”, alerta o Sindigráficos.